Por que é comum ter retenção na bexiga após uma anestesia geral?

Escrito por kay wagers | Traduzido por mariana dsp
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Por que é comum ter retenção na bexiga após uma anestesia geral?
Ao passar por uma anestesia geral, você se expõe ao risco de certas complicações de saúde (Wendy Hope/Stockbyte/Getty Images)

Ao passar por uma anestesia geral, você se expõe ao risco de certas complicações de saúde. Seu médico lhe explicará sobre essas complicações, que podem incluir confusão mental, ataques cardíacos e problemas com retenção de bexiga.

Outras pessoas estão lendo

Anestesia geral

Administrada através de gases inalados ou medicamentos intravenosos, a anestesia geral é um tratamento que te coloca para dormir. O cérebro não registrará dor nem se lembrará do que está acontecendo, de acordo com a Mayo Clinic.

Retenção da bexiga

De acordo com o Children's Hospital of Philadelphia, a retenção de bexiga, ou retenção urinária, significa que você não consegue esvaziar a urina da bexiga.

Causas

A retenção da bexiga ocorre após a anestesia geral, porque a bexiga fica muito distendida, devido aos fluidos intravenosos que você recebe durante o procedimento, para que possa ser propriamente esvaziada. Ela também pode ser causada por algum inchaço em volta do "anel" da bexiga.

Fatores de risco

A retenção da bexiga é mais comum de ocorrer após cirurgias de grande porte, em homens e em pacientes mais velhos.

Tratamento

A retenção da bexiga após uma anestesia geral é temporária. Até que você recupere o controle, a bexiga pode ser esvaziada com o uso de um cateter.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível