O que é comunicação efetiva?

Escrito por barbara brown | Traduzido por guilherme ferreira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que é comunicação efetiva?
A comunicação eficaz envolve a fala e a escuta (Image by Flickr.com, courtesy of rochelle hartman)

A comunicação é o processo de dividir informações, pensamentos e sentimentos entre pessoas através da fala, escrita ou linguagem corporal. A comunicação eficaz necessita que o conteúdo transmitido seja recebido e entendido por alguém da maneira que era pretendido. Os objetivos da comunicação eficaz incluem a criação de uma percepção comum, mudança de comportamentos e aquisição de informação.

Outras pessoas estão lendo

Componentes

O ato da comunicação começa com o processo interno sobre a informação ou sentimento que você queira compartilhar com outra pessoa (chamado de codificação). Após a codificação, a mensagem é enviada por meio de palavras faladas ou escritas, que completam a codificação. Na outra ponta da comunicação, há alguém recebendo e interpretando o que foi enviado (processo chamado de descodificação). Quem recebe pode e deve confirmar o recebimento para fechar o ciclo da comunicação.

Contexto

Analisar o contexto da comunicação melhora sua eficácia. O contexto leva em consideração a idade, região, sexo e habilidades intelectuais de quem recebe a informação. No momento da comunicação, também é útil avaliar a receptividade e o estado emocional de quem envia e recebe a informação. Por exemplo, ao falar com uma criança sobre a importância de escovar os dentes, você deve escolher palavras e exemplos diferentes dos usados ao falar com um adolescente ou adulto.

Linguagem corporal

Também chamada de comunicação não-verbal, a linguagem corporal inclui postura, posição das mãos e braços, contato visual e expressão facial. As crianças aprendem a ler a linguagem corporal como uma maneira de melhorar o entendimento da intenção do falante. A linguagem corporal combinada ao conteúdo verbal melhora o entendimento.

A linguagem corporal que é inconsistente com o conteúdo cria uma pergunta na mente do ouvinte a cerca da mensagem real. Por exemplo, uma pessoa pode estar dizendo, "Quero muito ouvir sua opinião sobre isso". Entretanto, se a pessoa estiver desviando o olhar, com os braços cruzados ou digitando uma mensagem ao mesmo tempo, sua linguagem corporal comunica uma mensagem inteiramente diferente.

A comunicação eficaz requer que o conteúdo e a linguagem corporal passem a mesma mensagem.

Interferência

As emoções podem interferir na comunicação efetiva. Se a pessoa que envia a informação estiver nervosa, sua habilidade de enviar mensagens eficazes pode ser afetada negativamente. Da mesma maneira, se a pessoa que recebe a informação estiver chateada ou descordar da mensagem ou de quem a envia, ele pode ouvir algo diferente que era pretendido ser passado. Considerar as emoções, linguagem e barreiras conceituais é essencial para uma comunicação efetiva.

Escuta ativa

A comunicação eficaz é um processo recíproco, que inclui escuta. Para escutar com sucesso, é necessário contato visual, processamento do objetivo e resposta para quem envia a mensagem. A escuta ativa pode envolver perguntas para melhor entendimento ou repetição do que foi ouvido para assegurar que a intenção da mensagem enviada foi recebida corretamente. A escuta ativa se torna particularmente importante quando ao comunicação inclui conteúdo emocional.

Por exemplo, se o seu filho adolescente diz "Meu professor me odeia," uma pessoa que esteja escutando ativamente pediria exemplos ou parafrasearia o conteúdo emocional dizendo "Parece que você está tendo problemas em sala de aula."

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível