Conflitos de marketing horizontal e vertical

Escrito por charles pearson | Traduzido por amanda nunes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Conflitos de marketing horizontal e vertical
Negócios amigáveis podem gerar conflitos inesperadamente (PhotoObjects.net/PhotoObjects.net/Getty Images)

No marketing, conflito vertical é o conflito que ocorre entre as organizações que trabalham juntas para fornecer o mesmo produto ao consumidor. Por exemplo, um negócio de venda de batatas pode ter um conflito com um supermercado que vende batatas. Um conflito horizontal é aquele que ocorre entre duas empresas que podem trabalhar juntas, direta ou indiretamente. Por exemplo, uma livraria pode ter uma cafeteria que pertence a outra empresa que opera na livraria.

Outras pessoas estão lendo

Objetivos que se opõem

Com o exemplo da livraria e da cafeteria, ambos os negócios podem enfrentar um conflito baseado em decisões de uma das lojas. Por exemplo, a livraria pode reclamar se a cafeteria abre uma segunda cafeteria próxima, com uma decoração melhor e com preços de café mais baixos, que podem atrair os clientes da livraria. As diferentes empresas tem objetivos que se opõem.

Espaço limitados para exposição

No marketing vertical, quando uma empresa quer um varejista para revender um produto, o varejista pode hesitar porque revender os produtos errados pode torná-lo um varejista mal sucedido. Assim como, diferentes varejistas tem clientes diferentes que pode preferir um tipo de produto ao invés de outro. A empresa que vende os produtos ao varejista pode convencê-lo que os produtos serão lucrativos e terão boa saída.

Compensação

Com sistemas contratuais de marketing vertical, empresas independentes formam relações e trabalham juntas para aumentar sua negociabilidade. Por exemplo, uma empresa de design gráfico e um time de redação podem trabalhar juntos para oferecer serviços de venda de cartas escritas para outros clientes. Contudo, eles podem se tornar conflitos ao argumentar quem tem o poder criativo sobre os aspectos do projeto e em quanto cada agência é compensada.

Canais de marketing

Canais de marketing, seja vertical ou horizontal, às vezes têm seu próprio negócio que tem recursos financeiros necessários para dominar em um conflito com outros negócios. Por exemplo, uma única fabricante de um produto popular pode ter considerável oscilação sobre os varejistas que vendem o produto. Contudo, o negócio dominante sempre se importa com os próprios interesses dos outros negócios, desde que o negócio dominante geralmente dependa do outro negócio no canal.

Nichos

Quando um negócio se engaja no marketing horizontal, eles usualmente tem produtos diferentes ou serviços que eles se especializam. Quando os negócios se especializam nos mesmos produtos e serviços, eles podem roubar consumidores uns dos outros, o que pode gerar conflitos. Ao invés de competir uns com os outros, dois negócios podem atacar diferentes nichos, e então direcionar clientes para cada um. Eliminar os conflitos faz com que os negócios sejam mais eficientes, uma vez que eles não têm que gastar muitos recursos competindo uns com os outros. Contudo, se um negócio domina completamente um nicho, aquele negócio tem um monopólio, o que pode levar a empresa a ter menos incentivos a oferecer preços baixos e melhorar seus produtos, ferindo os consumidores como resultado.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível