Conheça os efeitos colaterais da beta ecdisterona

Escrito por stephanie chandler | Traduzido por thiago andre scarani
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Conheça os efeitos colaterais da beta ecdisterona
Vendida como esteroide, a beta ecdisterona tem sua eficiência questinonável (bodybuilder 2 image by Paul Moore from Fotolia.com)

A beta ecdisterona, também chamada de ecdisterona ou 20-hidroxiecdisona, é um esteroide encontrado naturalmente em plantas e insetos. Nos insetos, a beta ecdisterona controla vários processos biológicos, incluindo a progressão entre estágios larvais. Nas plantas, um grupo de fitoecdisterona é muito próximo da 20-hidroxiecdisona. Para humanos, a beta ecdisterona é vendida como um esteroide anabolizante natural, mas a falta de pesquisas torna sua eficiência questionável, assim como possíveis efeitos colaterais.

Outras pessoas estão lendo

Teoria

A beta ecdisterona é vendida como um suplemento nutricional para fisiculturistas para ajudar no aumento dos músculos. A teoria é que aumenta a síntese de proteína que, por sua vez, aumenta a massa magra musculosa. Entretanto, existem poucos estudos que sustentem essas afirmações.

Efeitos

Apesar dos sites que vendem suplementos de beta ecdisterona fazerem várias promessas, na verdade existem poucas pesquisas que as sustentam. Não existem nem relatos de fisiculturistas que tomaram o suplemento confirmando se ajudou a criar mais músculos. A vantagem de se tomar beta ecdisterona, se for provado que funciona, é que promove a síntese de proteína, criando músculos sem interferir nos níveis de testosterona.

Efeitos colaterais

Como não se tem conhecimento de pesquisas significativas com humanos, não existe evidência que justifique as promessas. Os sites que vendem o produto afirmam que não existem efeitos colaterais, o que não é uma mentira, já que sem pesquisas, os efeitos colaterais não podem ser determinados.

Dosagem

A dosagem sugerida pelo fabricante para a maioria dos produtos que contém beta ecdisterona é de 60 a 120 mg por dia. Porém, os estudos que foram feitos em animais sugerem que a dosagem teria de ser muito maior para ter algum efeito perceptível. Além disso, sugerem que uma dose de 5 mg por quilo de peso corporal seria necessária para produzir resultados. Os efeitos colaterais nesse nível não são conhecidos, mas, devido ao alto custo do suplemento, doses como essas podem ser financeiramente limitantes.

Pesquisas

Um estudo chinês feito em ratos sugeriu que a beta ecdisterona aliviou sintomas de osteoporose, o que faz com que ela seja uma candidata promissora como opção de tratamento para a doença. Um pequeno estudo documentou os efeitos da beta ecdisterona e de dois outros suplementos em 45 homens que faziam treinos de resistência. Foi verificado que esses suplementos não produziram nenhum efeito na composição corporal ou na adaptação ao treinamento. Vários outros pequenos estudos foram feitos na Rússia. Um descobriu que a ecdisterona causou uma ação anabólica nas proteínas contráteis musculares. Outro concluiu que a ecdisterona, junto com uma dieta rica em proteína, aumentou a massa magra muscular de 6% a 7%. Estudo feito em células concluiu que a beta ecdisterona pode ter efeitos de redução da glucose nos hepatócitos (células do fígado).

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível