Mais
×

Conquiste seu espaço: 10 dicas para sair da casa dos pais

Planeje sua aventura antes de partir!
Getty Images

Introdução

Sair da casa dos pais é uma aventura empolgante, mas, como toda aventura, precisa ser cuidadosamente planejada. Você precisa saber para onde vai (literalmente) e fazer de tudo para ser bem sucedido nessa empreitada. Afinal, poucas coisas são tão chatas quanto sair por algum tempo, depois ter que voltar. Para que isso não aconteça e você possa garantir seu lugar no mundo, basta seguir algumas dicas simples. Elas não exigem nenhum talento ou habilidade especial, apenas disciplina, planejamento e a determinação de viver como “gente grande”. É uma vida que envolve assumir responsabilidades, mas que vale a pena, por causa do sabor da conquista.

Tenha uma fonte de renda
Creatas/Creatas/Getty Images

Arrume um emprego

O ideal é que você tenha uma fonte de renda estável, pois suas despesas também serão fixas. Caso você trabalhe como profissional autônomo, fazendo “frilas”, é aconselhável ter alguma reserva financeira que permita que você honre seus compromissos mesmo em períodos de pouco trabalho. Especialistas aconselham não gastar mais do que 1/3 de seus rendimentos com o aluguel, portanto, fique atento. Algumas pessoas têm sorte de ganhar ou herdar um imóvel dos pais, por exemplo. Se for seu caso, antes de dar uma festa de arromba para comemorar, lembre-se do condomínio e do IPTU, despesas que também são fixas. Você já tem um emprego? Ótimo. Vá adiante e consulte a dica número dois.

Planeje seus gastos
Stockbyte/Stockbyte/Getty Images

Faça um orçamento

Talvez você não se dê conta, mas morando com seus pais, tem água, luz e alimentação ao seu alcance de graça sempre que precisar. Essas coisas custam dinheiro e é por isso que você precisa fazer um orçamento, que não precisa ser nenhuma planilha Excel elaborada, mas pode ser uma simples folha de papel dividida em duas colunas. O que você ganha de um lado e o que você gasta do outro. Escreva o valor líquido do seu salário, depois de todos os descontos, e prepare-se para virar uma verdadeira tesoura cortando tudo que não for essencial para sua sobrevivência. Quanto maior o salário líquido, menos você cortará, claro.

Casa ou apartamento? Sozinho ou dividindo com amigo?
NA/AbleStock.com/Getty Images

Pesquise imóveis

Onde você gostaria de morar? Onde você PODE morar? São duas coisas bem diferentes. Leve em conta o valor do condomínio, se for em um prédio, e as condições de segurança do bairro - algo especialmente importante para casas. E, em ambos os casos, verifique o acesso a transporte público, supermercados, padarias e outras facilidades. Dependendo do valor do aluguel, você poderá cogitar morar com alguém para rachar a despesa ao meio. Viver com um amigo pode ser divertido, mas também requer responsabilidade uma vez que cada um terá de cuidar de sua parte na arrumação e limpeza da casa. Será que não é melhor, afinal, viver sozinho? Vai depender do seu temperamento e do próximo item.

O sonho de morar sozinho está em suas mãos... E nas do seu fiador
Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Arrume um fiador

Um fiador é alguém que se compromete a saldar sua dívida junto ao proprietário do imóvel que você alugou caso você não consiga pagar o aluguel, o condomínio e o IPTU. O fiador também dá seu imóvel como garantia nesses contratos. Se você preferir e o locatário permitir, você também poderá fazer um seguro-fiança para não ter que pedir que algum parente ou amigo seja seu fiador. Pode optar também pela caução, com o depósito à vista de três aluguéis. Para a sua aprovação, o locatário deverá comprovar renda mensal equivalente a quatro vezes o valor mensal da locação.

Aprenda a mobiliar uma casa
BananaStock/BananaStock/Getty Images

Mobilie e equipe sua nova casa

Na casa de seus pais tem uma poltrona velha, mas que para você parece quase nova? Leve. Eles têm um banquinho encostado na cozinha que ninguém usa? Peça para você. Toda pequena ajuda será bem-vinda na hora de dar àquele imóvel vazio que você alugou o aspecto de uma verdadeira casa. Para obter utensílios de cozinha, copos, talheres, jogos americanos etc., uma boa dica é fazer um “open house”, ou seja, uma reunião para receber seus amigos na casa nova, sendo que cada um traz um presentinho para ajudar a montar seu lar.

Conecte-se!
Jeffrey Hamilton/Lifesize/Getty Images

Conecte-se ao mundo

Agora que você está instalado na casa nova, vai querer, é claro, ter alguns confortos básicos mesmo com um orçamento apertado. Internet, TV a cabo e telefone fixo podem ser instalados por preços razoáveis em menos de uma semana. Algumas empresas oferecem até um pacote ou “combo” com os três serviços por um preço que talvez valha a pena, mas esteja alerta: se o sinal a cabo falhar, você ficará sem os três serviços de uma vez, o que pode ser uma roubada. Pense bem antes de se empolgar com o número de canais oferecidos e pedir o pacote mais completo: acha mesmo que vai assistir documentários sobre focas ou reprodução de esquilos? Talvez uma vez, mas toda semana, pelo resto do ano? Como em todos os outros itens, a dica aqui é se ater ao essencial. Escolha aquilo que realmente é indispensável pra você.

Existe vida além do micro-ondas
Jupiterimages/Comstock/Getty Images

Aprenda a cozinhar

Você é mestre em macarrão instantâneo, pós-graduado em pipoca de micro-ondas? Rápido no gatilho do disk pizza? Ótimo, porém para o dia-a-dia vai ter que diversificar. Mas calma. Isso também não significa virar um chef de cozinha de uma hora para outra, apenas acrescentar um pouco de nutrientes, sabor e variedade ao seu cardápio para não continuar comendo feito adolescente depois de adulto. Como ninguém gosta de lavar muitas panelas, uma boa dica é comprar um grill elétrico. É um utensílio fácil de usar, fácil de lavar que serve para muitos alimentos diferentes: carnes, peixes, frango, legumes. Para acompanhamento, uma rápida e básica salada de alface e tomate sempre cai bem, é só lavar e cortar. Também existe arroz instantâneo à venda nos supermercados. Basta jogar água quente. Apesar de não ser saboroso como o da mamãe, pode quebrar o galho até você perder o medo do fogão.

Evite passar roupa toda hora, passe tudo de uma vez
Jupiterimages/Pixland/Getty Images

Aprenda a cuidar da sua roupa

Talvez você possa pagar por uma empregada diarista que venha de vez em quando. O mais provável, porém, é que seu orçamento esteja apertado e você tenha que se virar sozinho. Para que tudo corra bem, um fator fundamental é disciplina. Reserve um dia por semana para lavar e outro para passar. Isso não apenas impedirá o acúmulo de roupa suja, mas possibilitará que você sempre tenha uma camisa para vestir quando precisar. Também será bom por razões econômicas: sai mais barato ligar o ferro de passar uma vez por semana do que toda hora.

Segurança em primeiro lugar
Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Tome algumas medidas básicas de segurança

É claro que você já é gente grande e sabe muito bem se cuidar sozinho. Mas vale a pena ter alguns números de telefone de fácil acesso na porta da geladeira, ao lado do número da pizza delivery. SAMU, bombeiros e polícia devem ser suficientes. Quer haja alguém dividindo o espaço com você ou não, nunca se sabe quando esse tipo de auxílio poderá ser necessário. Além disso, vale a pena deixar uma cópia da chave de sua casa com alguém de confiança para situações de emergência. Outras situações nas quais você talvez nunca tenha pensado antes e precisa estar atento: vazamentos de gás na cozinha (o cheiro é inconfundível), instalação elétrica segura (peça para um profissional inspecioná-la para você) e validade e condições dos extintores de incêndio do prédio onde mora.

Não gaste dinheiro na balada, faça sua festa em casa
Christopher Robbins/Photodisc/Getty Images

Aprenda a receber convidados

Agora que está completamente sozinho em casa, vai descobrir que seus pais e seus irmãos não eram tão chatos assim. Eles até faziam companhia. É possível que você se sinta solitário no início e talvez as horas pareçam longas demais. É claro que sair para a balada toda noite é ótimo, mas você tem grana para isso? Que tal convidar seus amigos de vez em quando para vir a sua casa em vez gastar seu dinheiro por aí em casas noturnas e bares? Compre alguns jogos clássicos como Banco Mobiliário, Imagem & Ação e War. Um baralho também cai bem. E tenha amendoins e batatas chips, mas lembre-se do seu orçamento: cada um traz sua própria cerveja (ou bebida de sua preferência).