Como conseguir que o convênio cubra uma cirurgia de redução dos seios

Escrito por ehow contributor | Traduzido por mariana dsp
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como conseguir que o convênio cubra uma cirurgia de redução dos seios
Sua cirurgia de redução de seios pode ser custeada pelo convênio médico (Pixland/Pixland/Getty Images)

A redução de seios tornou-se um procedimento normal para mulheres que desejam seios menores e com formas mais acentuadas. Existem muitas razões pelas quais alguém pode querer reduzi-los, incluindo problemas nas costas, dor no peito, infecções, dificuldade para respirar, seios desiguais ou o desejo por uma aparência mais firme. A cirurgia de redução pode ser cara, mas, em alguns casos, seu convênio pode cobri-la.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Converse com seu médico antes de se submeter a uma cirurgia de redução de seios. Ele poderá recomendar bons lugares para fazer a cirurgia e ajudá-la com a cobertura do convênio, caso seja possível. Muitos convênios cobrirão a redução se seus seios grandes lhe causarem problemas médicos, como dores nas costas, má postura, deformidades nos ossos ou dores no peito. Normalmente, o seu médico só precisará ligar para a empresa para obter a autorização para a cirurgia e dar motivos médicos para demonstrar a necessidade da cirurgia, ou enviar o histórico médico por fax com os motivos pelos quais ela é necessária.

  2. 2

    Ligue você mesmo para o convênio para descobrir sobre os benefícios disponíveis. É possível que você já tenha a cobertura necessária para a redução dos seios em seu convênio, e, por vezes, obter essa informação e conseguir a cirurgia é só uma questão de entrar em contato com eles. Pergunte sobre a redução de seios e quais tipos de procedimentos eles cobrem. Depois, você terá de enviar ao convênio a documentação necessária sobre os motivos da cirurgia. Se houver razões médicas para a realização da cirurgia, a maioria dos convênios paga pelo procedimento.

  3. 3

    Converse com o cirurgião que você deseja que faça sua cirurgia. Escolha um hospital ou hospitais onde você possa fazê-la. Pergunte a esses hospitais quais convênios eles atendem e quais convênios costumam cobrir esses tipos de operação. A maioria das instalações de cirurgias estéticas saberão as respostas dessas perguntas, pois eles já costumam lidar com os convênios. Cada um exigirá que certos critérios sejam preenchidos para que a cirurgia seja coberta, e o hospital escolhido para a redução de seios saberá lhe informar sobre esses critérios ou terá um responsável que poderá verificar esses detalhes para você.

  4. 4

    Pesquise sobre porcentagens a ser pagas ou as deduções a ser feitas. A porcentagem consiste em uma certa quantia da conta pela qual você deverá pagar antes ou depois de o convênio pagar a outra porcentagem do procedimento. A dedução é quando você paga algo, do seu bolso, antes que o convênio pague qualquer coisa. Descubra, com antecedência, quais pagamentos deverão ser feitos para que seu convênio cubra a cirurgia. Alguns, por exemplo, arcam com 100% dos custos; outros pagam 80%, deixando os outros 20% para você. Certifique-se de saber, com antecedência, se você deverá pagar ao convênio alguma taxa associada à redução de seios.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível