Conselhos para casais que discutem muito

Escrito por rebecca cioffi | Traduzido por pedro lopes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Conselhos para casais que discutem muito
As discussões constantes podem abalar toda a família (Goodshoot/Goodshoot/Getty Images)

As discussões são tão antigas quanto os relacionamentos e nunca somem por completo. Dito isto, é provável que você queira estar em um relacionamento onde as discussões tenham o seu lugar, mas que funcionem bem para você e seu parceiro. Quando as discussões se tornam constantes e levam às brigas, é hora de rever algumas coisas e dar um tempo. Um relacionamento precisa de respeito mútuo para dar certo.

Outras pessoas estão lendo

Discutir por excitação

Você tem que ser honesto com você mesmo e com o seu parceiro. Se você está discutindo o tempo todo porque você gosta da tensão e de fazer as pazes, você pode estar discutindo como parte de seu relacionamento. Alguns parceiros brigam e implicam com o outro para diminuir a confiança e a opinião do parceiro sobre si mesmo. Alguns brigam e discutem porque acham divertido, e é uma parte de suas uniões. Se você e seu parceiro brigam ou discutem por isso, certifique-se que os dois estejam cientes disso e não deixe tomar proporções exageradas. Se você está apenas discutindo por uma questão de argumentação, alimentando a dinâmica, deixe pra lá e não se preocupe com isso. Mas não ultrapasse a linha onde você pode magoar seu parceiro com uma briga num momento ruim. Se estiverem juntos há bastante tempo, saberá como o fazer de forma justa, mantenha isto assim.

Discutindo sobre situações

Dinheiro, sexo, emprego, filhos, animais de estimação, horários. Há uma dúzia de razões que levam um casal a discutir, e muitas vezes não há uma resposta para resolver o problema. Talvez você esteja desempregado, e seu parceiro precise de você para ajudar com a renda. Enquanto você está a procura de emprego e seu parceiro sabe disso, você tem que colocar esse argumento de lado. Não é nada produtivo, já que nada sobre o argumento poderá mudar alguma coisa. No entanto, se vocês tem filhos e discordam sobre métodos para educar, é preciso discutir esses fatos e ideias para chegar a uma resolução conjunta. A principal coisa a fazer é parar e se perguntar se não há realmente nada que seu parceiro possa fazer para corrigir a situação e, em seguida, pedir-lhe para fazê-lo. Se o parceiro não fizer ou sentir que não consegue, argumente a sua opinião e, em seguida, fique em silêncio. Deixe o parceiro absorver a ideia e aí talvez você veja a mudança.

Brigas injustas

Qualquer conflito físico entre um parceiro que é menos forte do que o outro é uma coisa terrível que precisa ser evitada. Se um parceiro no relacionamento sofrer abusos, é preciso pedir e procurar por ajuda. Brigas constantes e discussões mesquinhas podem ser quase tão prejudiciais quanto. Se você se apaixonou por essa pessoa, por que repreendê-la o tempo todo? Se você se preocupa com essa pessoa, por que você a está denegrindo o tempo todo? Você tem que perguntar a si mesmo estas questões difíceis e obter respostas, porque ficar preso em ciclo interminável de brigas é improdutivo e uma maneira horrível de se viver. Façam as pazes e deixe tudo melhor, os dois merecem ser amados e apoiados. Se não conseguirem nunca parar as brigas e melhorar o relacionamento, procure um parceiro mais adequado.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível