Consequências do estereótipo de gênero

Escrito por marianne luke | Traduzido por mariana korman
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Consequências do estereótipo de gênero
Limpar a casa e cozinhar fazem parte do estereótipo do gênero feminimo (PhotoObjects.net/PhotoObjects.net/Getty Images)

Os estereótipos de gênero são séries de expectativas culturais aceitas popularmente pela maior parte da sociedade. Eles são mantidos, em parte, porque o ser humano precisa "pertencer". Algumas culturas apresentam estereótipos restringentes, enquanto outras se tornaram mais tolerantes, aceitando alguns desvios nesses padrões.

Outras pessoas estão lendo

O estereótipo de gênero e as mulheres

O estereótipo feminino é mais discutido ao se ensinar sobre o tema, pois muitos creem que ele foi uma grande desvantagem no desenvolvimento social, educacional e profissional da mulher. Os estereótipos de características femininas são: submissa, quieta, arrumada, fraca, limpa, desajeitada, incompetente e maternal. Devido à forte pressão da sociedade para que elas cumpram essas expectativas, muitas mulheres se conformam a elas. Elas se abstêm de falar suas opiniões, de praticar esportes que exijam força, de progredir tão bem no mercado de trabalho por causa de suas inseguranças, além da pressão para se tornarem mães. Aquelas que não se conformam aos papéis de seu gênero são consideradas, muitas vezes, grossas, controladoras ou masculinas.

O estereótipo de gênero e os homens

Os homens também têm um restrito estereótipo de gênero, que tipicamente reforça a ideia de que eles não têm características femininas. Em essência, isso significa que é culturalmente inaceitável que homens demonstrem características de asseio, fraqueza ou cuidado. Isso faz com que o estereótipo masculino seja de atletismo, sonoridade, força, dominação e controle emocional. Ao mesmo tempo que isso pode afetar negativamente seu desenvolvimento emocional, também encoraja que os homens se sobressaiam em esportes e no mercado de trabalho por medo de serem julgados femininos ou fracos. Financeiramente, os estereótipos masculinos parecem afetá-los de forma positiva, porém restringem sua criatividade e o desenvolvimento emocional. Aqueles que são criativos e emotivos, que não se encaixam nos estereótipos, tendem a ser vistos negativamente.

Desigualdade entre gêneros

A existência de um estereótipo de gêneros implica desigualdade no que diz respeito a ambos os sexos. Pelo fato de que são comuns na cultura em geral, particularmente nos Estados Unidos, os estereótipos afetam os tipos de trabalho que homens e mulheres buscam. Por exemplo, muitas mulheres são contratadas no mercado de serviços, pelo fato de serem consideradas cuidadosas, emocionais e amigáveis. Os homens normalmente são cogitados para vagas que exigem força e habilidades físicas, como lavar louça e construção, além de trabalhos que exigem controle emocional e liderança, como cargos altos de gerência. Embora as empresas sejam proibidas de discriminar pelo gênero, muitos homens e mulheres procuram os trabalhos que se encaixam no que é esperado para o seu sexo.

Fugindo do estereótipo de gênero

Enquanto há muitos que tendem a se encaixar aos seus estereótipos de gênero, em parte pela sociedade e pela necessidade de pertencer à própria cultura, ainda existem aqueles que divergem de seus estereótipos. Exemplos desses desvios de padrão incluem mulheres atletas e executivas e homens que trabalham no setor de serviços, com salários menores ou que ficam em casa cuidando dos seus filhos. Casais homossexuais também desviam de seus estereótipos de gênero. Ao mesmo tempo que o estereótipo de gênero ainda tem grande força na cultura norte-americana, por exemplo, muitas escolas já ensinam as desvantagens dele, e trabalham para ajudar as pessoas a entender a importância de aceitar as pessoas como elas são.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível