O que é considerado sangramento forte durante a gravidez?

Escrito por nicole harms | Traduzido por mariana dsp
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que é considerado sangramento forte durante a gravidez?
O que é considerado sangramento forte durante a gravidez? (Bianca de Blok)

Sangramentos durante a gravidez são o pesadelo das gestantes. Eles não necessariamente indicam um aborto espontâneo ou a iminência de um parto prematuro, mas também não podem ser ignorados, principalmente se forem fortes. Normalmente, esse tipo de sangramento indicam a presença de uma doença grave, então é necessário falar com seu médico imediatamente.

Outras pessoas estão lendo

Identificação

Qualquer mulher que tenha um sangramento durante a gravidez entra em pânico. A causa pode ser inofensiva, mas a condição em si sempre é um motivo de preocupação. Os sangramentos são considerados fortes a partir do momento em que enchem um absorvente noturno. Se a mulher notar sangue no papel higiênico ou detectar alguns respingos na roupa íntima, esse sangramento não é considerado forte. Se tiver qualquer sangramento durante a gestação, use um absorvente noturno para monitorar a intensidade.

Cronologia

Durante os três primeiros meses de gravidez, sangramentos fortes podem indicar que a gestante está sofrendo um aborto espontâneo. Contudo, existem muitas causas para sangramentos durante esse período que não indicam isso, portanto, é importante procurar um médico logo. No segundo e terceiro trimestre, sangramentos fortes indicam problemas sérios de saúde, então contate seu médico imediatamente. No final da gravidez, o sangramento pode indicar que a mulher está entrando em trabalho de parto, normalmente, por volta da 36ª semana.

Teorias e especulação

Sangramentos fortes não necessariamente indicam um aborto espontâneo. Durante o primeiro trimestre, algumas mudanças hormonais e danos à cérvix durante a relação sexual são causas comuns de sangramentos, que podem ser um pouco fortes. Problemas na placenta são as causas mais comuns de sangramentos durante o final da gravidez, e alguns outros problemas na cérvix ou na vagina também podem ocasioná-los. O descolamento da placenta é uma das causas mais comuns de sangramentos fortes no final da gravidez, que, por vezes, pode levar a um aborto ou parto prematuro.

Conceitos equivocados

Muitas pessoas dizem que gestantes não devem fazer certas atividades, como erguer as mãos acima da cabeça ou levantar objetos pesados, pois isso pode causar aborto espontâneo durante a gravidez. Contudo, pouco pode ser feito para que uma gestante possa evitar sangramentos fortes, pois as condições que os causam, como descolamento de placenta, ocorrem devido a problemas com o bebê ou com o útero, e não devido a algo que a mãe fez ou deixou de fazer.

Visão de um especialista

Se estiver grávida e tiver sangramentos fortes, ligue imediatamente para seu médico. Se o expediente já tiver acabado, vá a qualquer hospital. Se estiver no segundo ou terceiro trimestre, seu médico poderá recomendar que vá ao hospital para que seja monitorado se há outros sintomas de trabalho de parto. Provavelmente, o médico pedirá um ultrassom para verificar a condição do bebê e da placenta. Se possível, sente-se, coloque os pés para cima e tente relaxar. Quanto menos agitada você ficar, melhor para o bebê.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível