Como construir uma estufa de hidroponia pequena para cultivar tomates

Escrito por ehow contributor | Traduzido por natali bazana
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como construir uma estufa de hidroponia pequena para cultivar tomates
Os tomates são uma boa opção para pessoas interessadas na criação de um pequeno sistema de hidroponia por gotejamento (Zedcor Wholly Owned/PhotoObjects.net/Getty Images)

Jardineiros sem muito espaço para trabalhar em casa podem criar um pequeno sistema de hidroponia por gotejamento que pode ser usado para cultivar ervas, tomates, pimentas ou outras plantas comestíveis.

Nível de dificuldade:
Moderado

O que você precisa?

  • 1 vaso de plástico de 20 cm
  • 1 vaso de plástico de 25 cm
  • 1 vaso de plástico de 30 cm
  • 3 pires de plástico de 35 cm
  • 1 bomba de água submersível para hidroponia (aproximadamente 250 km/h)
  • 90 cm de tubulação
  • 1 conector coaxial em T
  • Argila expandida de crescimento médio
  • 1 pequena bomba de ar
  • 60 cm de tubulação
  • Pedra porosa
  • Selante de silicone 100%
  • Solução de nutrientes para crescimento de hidroponia
  • Solução de nutrientes para florescimento de hidroponia
  • Kit de teste de pH
  • Ajustadores de pH
  • Furadeira
  • Broca de 3 mm
  • Broca de 19 mm
  • Faca ou estilete

Lista completaMinimizar

Instruções

    Construindo o sistema

  1. 1

    Sele o furo de drenagem na parte inferior do vaso maior, que irá servir como um reservatório do sistema. Para fazer isso, vire o vaso de cabeça para baixo e use o selante de silicone para colar um pedaço de plástico sobre o furo de drenagem. Corte o pedaço de plástico, um pires para vaso é uma boa solução, cerca de duas vezes maior que o buraco. Vire o pote para a posição original e preencha completamente o buraco com silicone por dentro. Deixe secar por seis a oito horas antes de adicionar água.

  2. 2

    Conecte a tubulação à bomba submersível. Geralmente, o tubo se encaixa firmemente sobre o bocal da bomba e uma braçadeira não é necessária, mas se necessário, utilize uma braçadeira para assegurar que o tubo permaneça ligado à bomba. Ligue o tubo de ar à pedra porosa. Coloque uma rocha em cima da pedra para mantê-la em baixo e coloque a bomba submersível no fundo do reservatório.

  3. 3

    Use dois ou três pires de 35 cm para cobrir o reservatório, pois um não é forte o suficiente para suportar o peso dos vasos. Coloque os pires em cima um do outro e perfure um buraco de 5 cm por trás, grande o suficiente para acomodar o tubo de alimentação e um outro grande o suficiente para fornecer a passagem para a bomba submersível e o tubo de ar. Use uma faca para cortar uma abertura de 19 cm na parte da frente do pires inferior. Isto irá permitir a visualização do nível do reservatório e servirá também para adicionar solução nutritiva. Faça um furo de 3 mm por todo o pires superior. Insira os tubos da bomba e o cabo através dos furos nos pires e cubra o reservatório.

  4. 4

    Os outros dois vasos já devem ter furos de drenagem. Se não, faça furos grandes o suficiente para permitir que a água drene por meio deles, mas menores do que o tamanho da argila expandida nos potes de 20 e 25 cm. Perfure um buraco no vaso grande o suficiente para acomodar o tubo de alimentação, passe o tubo por ele e coloque o vaso de 25 cm na parte superior da tampa do reservatório.

  5. 5

    Encha o vaso de 25 cm com argila expandida para dentro do vaso cerca de 1,5 cm da parte superior. Passe o tubo de alimentação através do furo na parte de trás do vaso de 20 cm e coloque-o em cima da argila expandida no vaso de 25 cm. Corte o tubo de alimentação na parte superior do vaso. Segure o tubo de um lado do vaso e encha o pote com argila expandida a alguns centímetros abaixo do topo, tomando cuidado para que a argila expandida não caia no tubo de alimentação.

  6. 6

    Corte um pedaço do tubo de água para fazer um círculo de 15 cm e ligue as extremidades ao conector em T. Coloque esta mangueira circular sobre uma superfície plana com sua abertura para cima. Use a furadeira para fazer furos de 3 mm a cada 1,5 cm em torno do círculo. Conecte o T do tubo de alimentação no vaso de cima e o encha com areia expandida em todo espaço que sobrar para que o círculo de gotejamento fique virado para cima com a argila quase cobrindo-o.

  7. 7

    Utilize um recipiente limpo para misturar a solução nutritiva. Se possível, use água filtrada. Verifique o nível de pH da água e ajuste para que fique em conformidade, acima ou abaixo de um nível de 6,5. Adicione solução de nutrientes para crescimento de hidroponia à água de acordo com instruções do fabricante. Encha o reservatório com solução nutritiva.

  8. 8

    Ligue as bombas de ar e água.

  9. 9

    As sementes podem ser iniciadas em pequenos potes de turfa, pelotas de turfa ou diversas formas de sementes sem solo, como em cubos ou fichas de germinação. As pequenas centrais podem ser transferidas para a unidade de hidroponia enterrando-as no meio da argila expandida.

  10. 10

    Coloque o sistema de hidroponia por gotejamento em um local ensolarado em um pátio coberto ou dentro de casa sob uma luz de crescimento.

  11. 11

    Use uma solução de crescimento até que as plantas começem a florescer e, depois, mude para uma solução de florescimento.

    Mantendo o sistema de hidroponia

  1. 1

    Comece com um reservatório cheio. Quando a solução estiver um pouco abaixo do nível da bomba, adicione um 3,5 L de água com pH ajustado ao reservatório e execute o sistema de bombas durante cinco minutos.

  2. 2

    Desligue a bomba de água e também um dos lados do tubo de gotejamento a partir do conector em T e coloque na extremidade de um grande balde.

  3. 3

    Ligue a bomba de volta e drene o sistema até que ela só comece a sugar o ar. Desligue-a imediatamente. Use a água drenada para regar plantas à base de solo.

  4. 4

    Encha o reservatório de volta até o topo com solução nutritiva com pH ajustado. Volte a ligar o tubo de gotejamento ao conector coaxial e ligue a bomba novamente.

Dicas & Advertências

  • Cole as peças que foram recortadas de cada pires juntas para criar uma tampa para quando você não precisar acessar o reservatório.
  • Depois de cada estação de crescimento dos tomate, é uma boa ideia lavar a argila expandida e espalhá-la para secar ao ar.
  • A cada três meses ou antes, se necessário, altere a pedra porosa e limpe os componentes de entrada da bomba submersível.
  • Com plantas maiores, como tomates ou pimentas, este sistema funciona bem com um vaso para crescimento grande 2 ou 3 dos menores.
  • Assim que os tomates estiverem crescendo, hastes de plástico de 90 cm podem ser inseridas no vaso de crescimento para ajudar a segurar a planta

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível