Como contratar um cuidador domiliciar para idosos

Escrito por victoria ramirez | Traduzido por caroline zemuner
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como contratar um cuidador domiliciar para idosos
Alguns cuidadores domiciliares realizam tarefas e buscam remédios para os clientes idosos (Jupiterimages/Polka Dot/Getty Images)

Chega um momento em que os filhos adultos são responsáveis pelo cuidado de seus pais idosos. Quer trate-se de uma responsabilidade de meio-período ou de tempo integral, depende da carga de trabalho e da carreira profissional dos filhos. Mesmo quando eles ajudam, ainda há algumas coisas que podem precisar serem feitas, mesmo quando parece não ter horas suficientes no dia. Quando isso acontece, é benéfico para os pais idosos e para seus filhos ter um cuidador domiciliar para ajudar.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Decida se você quer contratar o cuidador domiciliar diretamente de uma agência ou se prefere contratar um profissional independente. Também será necessário fazer uma lista de tarefas para as quais os seus pais precisam de ajuda.

  2. 2

    Verifique com os amigos, familiares e colegas de trabalho para feedbacks sobre suas experiências pessoais com profissionais e agências de cuidados domiciliares. Você também pode entrar em contato com algum programa de assistência ao idoso disponível em sua cidade. Faça uma lista dessas pessoas e agências.

  3. 3

    Busque provedores de cuidados domiciliares na internet. Descubra se as empresas oferecem qualquer tipo de auxílio financeiro para isso com o plano de saúde que os seus pais possuem. Você também pode ler sobre quais serviços são prestados. O SUS pode oferecer o cuidado domiciliar gratuitamente, mas isso depende de alguns fatores e pode variar em cada estado.

  4. 4

    Ligue para as agências e fale com um de seus representantes. Tire suas dúvidas sobre os serviços oferecidos. As agências executam verificações de antecedentes dos profissionais que contratam, por isso, o trabalho maior elas fazem por você. Se estiver interessado na contratação de um trabalhador independente, muitas vezes isso pode ter um custo inferior, mas é necessário fazer uma verificação de antecedentes cuidadosamente.

  5. 5

    Restrinja suas opções. Escolha cinco pessoas para entrevistar para o trabalho e tenha os seus pais presentes quando os candidatos chegarem. Isso dá-lhes a oportunidade de ver a pessoa que pode chegar a ser o cuidador domiciliar deles.

  6. 6

    Pergunte aos candidatos o que gostam desse trabalho e quais são alguns dos pontos negativos. Dê-lhes algumas situações da vida real com as quais possam deparar-se quando trabalharem com seus pais. Anote a resposta de cada pergunta. Uma vez que a entrevista estiver completa, peça referências profissionais e pessoais.

  7. 7

    Ligue para as referências dos candidatos. Tire suas dúvidas sobre a ética de trabalho dos prestadores e suas responsabilidades de trabalho, quanto tempo eles trabalharam ali, e se eles foram alguma vez repreendidos por quaisquer problemas graves. Peça referências pessoais, há quanto tempo conhecem a pessoa, que tipo de relação possuem com ela e que tipo de ética de trabalho possui.

  8. 8

    Reduza suas escolhas a dois candidatos. Faça verificações de antecedentes de ambos. Essa é uma etapa essencial no processo de contratação. É imperativo realizar uma extensa pesquisa de antecedentes de cada candidato para garantir a segurança de seus entes queridos.

  9. 9

    Ofereça-lhes a posição, uma vez que a verificação de antecedentes for realizada. Combine o salário, a carga horária e o cronograma de trabalho.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível