Como fazer um contrato de comportamento para adolescentes

Escrito por brandi palkoner | Traduzido por deborah morais
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer um contrato de comportamento para adolescentes
Contratos de comportamento eliminam quaisquer perguntas sobre o que você espera do seu adolescente (Comstock/Comstock/Getty Images)

À medida que seus filhos se tornam adolescentes e começam a ganhar liberdade e independência, é importante que eles sejam capazes de tomar decisões positivas por conta própria. A chave para fazer boas escolhas é ser capaz de prever o resultado de seu comportamento. Um método de ensinar aos adolescentes essa habilidade de vida necessária, é criar um contrato de comportamento, que é um acordo escrito entre pais e adolescentes, que define expectativas sensatas ​​para o comportamento e afirma claramente as consequências de suas escolhas. Contratos de comportamento são uma maneira eficiente de corrigir o comportamento negativo quando todas as partes mantêm de forma consistente os termos do acordo.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Instruções

  1. 1

    Arrume um tempo para encontrar-se com os adultos que são responsáveis ​​pelo cumprimento das regras e de disciplinar o adolescente, como um pai biológico que vive fora de casa ou um padrasto.

  2. 2

    Discuta os problemas que você está tendo com seu filho adolescente. Permita que todos os envolvidos ofereçam opiniões, já que diversas situações podem surgir com diferentes cuidadores. Os comportamentos que podem ser tratados incluem o álcool e uso de drogas, carro e uso do telefone, namoro, toque de recolher, o desempenho escolar e o tratamento de membros da família.

  3. 3

    Anote ideias no papel enquanto pensam juntos. Finalize uma lista de questões pertinentes e enumere-as em ordem de importância. Por exemplo, situações potencialmente perigosas, como uso de drogas e álcool, requerem atenção mais urgente do que a quantidade de tempo que o adolescente gasta no telefone.

  4. 4

    Diminua a lista para até cinco comportamentos que deseja que seu filho adolescente se concentre em melhorar. Inclua esses comportamentos no contrato inicial e adicione outros em uma data posterior, conforme o adolescente progride.

  5. 5

    Escreva uma frase para cada comportamento que explica como o adolescente é esperado a comportar-se em uma determinada situação. Formate a frase na perspectiva da primeira pessoa, do ponto de vista de seu filho adolescente. Use palavras e frases positivas.

  6. 6

    Escolha uma consequência positiva que ocorrerá quando o adolescente preencher as expectativas, como um privilégio especial ou uma recompensa. Você também pode optar por simplesmente listar as consequências naturais do bom comportamento, tais como confiança, respeito, saúde e segurança.

  7. 7

    Determine qual será a consequência caso o adolescente não consiga comportar-se da maneira desejada. Considere as consequências que são eficientes com o seu filho e adequadas ao comportamento, bem como a sua capacidade de fazer cumprir o castigo escolhido.

  8. 8

    Faça uma lista tanto das consequências positivas e negativas embaixo de cada expectativa. Estabeleça o período de tempo em que o contrato será válido e anote a data na parte inferior do contrato.

  9. 9

    Crie um gráfico com cada expectativa listada no lado e os dias da semana na parte superior. Acompanhe o comportamento de seu filho durante toda a duração do contrato, preenchendo a tabela de acordo.

  10. 10

    Faça uma reunião com todos os adultos, adolescentes e pré-adolescentes que estão envolvidos no acordo. Revise os termos do contrato e esclareça quaisquer dúvidas que são apresentadas. Permita que os adolescentes tenham a oportunidade de fazer comentários construtivos.

  11. 11

    Acrescente as revisões no acordo conforme necessárias. Faça com que todos assinem e coloquem a data na versão final do contrato. Faça uma cópia para cada participante.

  12. 12

    Utilize o gráfico de comportamento para monitorar o comportamento de seu filho em uma base diária. Faça com que se cumpram os termos do contrato de forma consistente para alcançar resultados positivos.

  13. 13

    Reveja o acordo após o término do contrato. Novas expectativas podem ser adicionadas conforme o adolescente for apresentando uma capacidade consistente de fazer escolhas positivas em situações abordadas dentro do contrato original.

Dicas & Advertências

  • Incentive o adolescente a cooperar ao assinar o acordo, realçando o seu papel ativo na mudança de sua vida para melhor. Caso ele se recuse a participar voluntariamente, forneça uma cópia do contrato e continue a aplicar as consequências, como determinado anteriormente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível