O que controla a taxa de oxidação de gorduras?

Escrito por max quigley | Traduzido por mari mieko
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que controla a taxa de oxidação de gorduras?
A oxidação de gordura é o que causa a sua perda (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

O corpo humano utiliza oxigênio em conjunto com uma fonte de combustível para produzir energia. Um desses combustíveis é a gordura. Quando ocorre a perda de gordura, o corpo está oxidando-a e convertendo-a em energia. Certos fatores controlam essa taxa de oxidação e podem aumentar ou diminuir significativamente a capacidade do organismo de utilizar gordura como combustível. Esses fatores incluem o estilo de vida, o ambiente e a genética.

Outras pessoas estão lendo

Atividade

Como a gordura e o oxigênio são utilizados em conjunto para produzir energia, qualquer tipo de exercício aumenta a taxa de oxidação de gorduras. Um estilo de vida sedentário, por outro lado, irá diminuí-la. Estudos realizados pela Medicine & Science in Sports & Exercise mostraram que os exercícios de baixa intensidade, como corrida ou ciclismo constante, queimam principalmente a gordura para obter energia. Exercícios intensos, por outro lado, como o treinamento em circuitos, queimam predominantemente carboidratos, mas aumentam a taxa metabólica geral e, como consequência, a taxa de oxidação de gorduras, mesmo durante os períodos de repouso.

Alimentos

Dieta e nutrição são fatores que contribuem para a taxa de oxidação de gorduras. Alguns alimentos naturalmente aumentam a taxa metabólica e, por conseguinte, aumentam essa taxa de oxidação. Esses alimentos incluem toranja, brócolis, carne de peru magra, aveia, pimenta, maçã e pera. Alimentos com baixo teor de açúcar ou carboidratos geralmente aumentam a taxa de oxidação de gorduras, bem como a maioria das fontes de proteína, como carne, suplementos do soro do leite e ovos.

Inibidores da oxidação de gordura

Entre os alimentos que inibem a oxidação de gorduras estão açúcar, frituras, pão branco, alimentos muito processados ​​e álcool. Essa redução de oxidação é causada por um aumento repentino dos níveis de insulina, estimulando o corpo a utilizar o excesso de carboidratos como combustível. Alimentos ricos em gorduras saturadas, como frituras, aumentam o colesterol e, assim como uma dieta rica em carboidratos, retardam a oxidação de gorduras. No caso dos carboidratos, os níveis elevados de glicogênio armazenado nos músculos alimentam o corpo.

Taxa metabólica e tireóide

A glândula tireoide determina a taxa metabólica de repouso do corpo. Uma glândula subativa resultará em uma baixa taxa de oxidação de gorduras, enquanto uma glândula hiperativa causará uma rápida taxa de oxidação. A eficiência da tiroide pode ser determinada pela genética ou por fatores ambientais, como a falta de alimentos. O American Journal of Clinical Nutrition concluiu que a falta de nutrição adequada diminui a capacidade do organismo de oxidar a gordura adequadamente.

Cafeína

Os produtos com cafeína têm demonstrado aumentar a taxa de oxidação de gorduras e a taxa metabólica de repouso. Café, pílulas de cafeína, chá preto, chá oolong e chá verde estão relacionados a um aumento de até 12% da taxa metabólica.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível