Como conversar com uma pessoa emocionalmente distante

Escrito por ehow contributor | Traduzido por natalia peres
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como conversar com uma pessoa emocionalmente distante
Como conversar com uma pessoa emocionalmente distante (lonely woman image by Mat Hayward from Fotolia.com)

Como conversar com uma pessoa emocionalmente distante. Distância emocional é um termo psicológico que descreve o estado no qual as pessoas se afastam das outras. Essas pessoas normalmente parecem indiferentes, quietas e reservadas, e é difícil falar com eles. Distância emocional em um membro da família ou amigo pode mudar a dinâmica da relação. Aqui está como lidar com isso.

Nível de dificuldade:
Desafiante

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Determine a natureza da distância emocional. Ela pode ser causada por doença física ou mental, um trauma emocional, dificuldade em um relacionamento, separação ou outros inúmeros fatores.

  2. 2

    Peça a ajuda de um médico ou conselheiro em casos de doença física ou mental. O tipo de doença é um fator na aproximação. Algumas pessoas com câncer, por exemplo, fecham-se para o mundo porque temem falar a respeito de um prognóstico.

  3. 3

    Pense a respeito dos problemas em um relacionamento com um amigo, conjugue, membros da família ou outras pessoas significantes. Pergunte a si mesmo sobre possíveis causas e suas próprias necessidades emocionais não realizadas por essa pessoa. Entenda o problema para se preparar para falar sobre a questão.

  4. 4

    Procure causas para a distância emocional. Você e seu parceiro podem estar lidando com uma crise familiar, e se afastar é o modo como ele lida com a situação. A separação física pode criar uma distância emocional se seu parceiro lida com a dor se afastando. Experiências passadas também podem fazer com que as pessoas se calem para que não se machuquem novamente.

  5. 5

    Concorde em conversar. Isto pode precisar de algumas tentativas. Seja gentil, não faça acusações e seja o menos emotivo possível. Busque empatia.

  6. 6

    Exponha seus pensamentos nessa conversa. Fale sobre as questões e causas que você determinou. Faça perguntas sobre esses itens de forma que você consiga algum tipo de resposta em vez de fazer declarações.

  7. 7

    Repare no que funciona e no que não funciona. Se concentre nos tópicos que façam a conversa fluir antes de se focar naqueles que podem piorar tudo de novo. A distância emocional não surge de um dia pro outro e nem suas soluções. Normalmente leva várias tentativas para conseguir fazer a conversa fluir.

  8. 8

    Busque ajuda. O tipo de ajuda depende de sua situação. Lidar com um adolescente difícil pode afetar todo o ambiente familiar e um assistente social ou psicólogo para adolescentes é uma boa escolha. Conselheiros de relacionamento ajudam casais.

Dicas & Advertências

  • Existem centros de aconselhamento em campus de faculdades e em organizações comunitárias. O custo por esses serviços normalmente é menor do que conselheiros privados, apesar de alguns planos de saúde contribuírem no custo desses profissionais.
  • Em alguns casos, a distância emocional significa outro problema. Busque por sinais de uso abusivo de substâncias ou depressão.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível