×
Loading ...

Como conversar com um vizinho sobre o barulho

Conversar com um vizinho sobre um problema com o barulho pode ser uma tarefa assustadora. Nós frequentemente assumimos que os outros estão cientes de como seus comportamentos nos afetam, mas podemos estar errados. É fácil perturbar os outros sem saber quando moramos em um apartamento ou condomínio, especialmente se temos vizinhos acima e embaixo de nós. Não use um tom acusador quanto conversar com ele sobre isso pela primeira vez. Seguir algumas dicas deve te ajudar a evitar uma discussão.

Instruções

Seu vizinho talvez não esteja ciente de que você pode escutá-lo (Thomas Northcut/Photodisc/Getty Images)
  1. Escreva uma carta. Uma anotação breve e educada pode ser o necessário para avisar ao seu vizinho que ele pode ser ouvido da sua casa. Seja cortês e evite uma linguagem acusatória. Fale sobre seus horários e explique como o barulho te afeta. Não use palavras que descrevem o nível do barulho ou o que você escuta, visto que esse tipo de afirmação pode irritar uma pessoa e levar a discussões sobre se estava tarde e alto ou não. Deixe seu número de telefone e ofereça um encontro para tomar café e conversar sobre o problema.

    Loading...
  2. Deixe a carta na porta ou na maçaneta. Não tente confrontar seu vizinho inicialmente, antes avise-o sobre o barulho através da carta, em particular. Também não coloque a carta na porta com fita ou passe por baixo da porta. Mesmo que você sinta que está errado, trate a situação como se estivesse pedindo ao seu vizinho um favor.

  3. Ligue para seu vizinho se não obteve uma resposta. Se você mora em um prédio ou condomínio onde a associação publica os número de telefones dos moradores, essa é uma boa forma de começar a conseguir as informações de contato do seu vizinho. Você talvez queira ligar para ele durante o dia, quando é provável que esteja no trabalho. Às vezes, deixar uma mensagem de voz pode parecer menos com um confronto e permite que você seja claro ao avisá-lo sobre o problema sem interrupções.

  4. No caso de morar em um condomínio, contate o locatário ou o senhorio. Não escreva cartas intermináveis e ligue centenas de vezes para seu vizinho. Se o barulho continuar depois da carta e da ligação, é hora de seguir em frente. Nunca confronte-o cara a cara sobre o problema; você já avisou e pediu para que ele considerasse seu conforto, por carta e telefone. Não deve se sentir culpado ao contatar os responsáveis pelo local nesse momento.

Loading...

Dicas

  • A chave é a educação. A diferença entre um vizinho que se arrepende de te perturbar e um que está incomodado com sua reclamação está em como se fala com ele.

Aviso

  • Não confronte um vizinho cara a cara sobre o problema, especialmente se você estiver sozinho.

Referências

Loading ...
Loading ...