Como converter um disco de vinil em CD

Escrito por joe murray | Traduzido por allan magalhães
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como converter um disco de vinil em CD
Converta vinis em CDs para dar nova vida às suas músicas antigas (Noel Hendrickson/Lifesize/Getty Images)

Um disco de vinil produz som analógico através do atrito de uma agulha ao longo de um sulco. Muitos audiófilos compartilham da opinião de que ao reproduzi-lo muitas vezes, alguns dados serão perdidos. Um CD produz som digital lido por um laser. Os dados reproduzidos da primeira vez será reproduzido da mesma maneira um milhão de vezes, não havendo perdas. Converter os seus antigos discos de vinil em CDs preservará o som original deles e poderá ser feito de várias maneiras. Caso escolha fazer as suas próprias conversões e possua um computador com gravador de CD, é possível comprar um toca-discos USB ou usar o seu antigo, com cápsula magnética, agulha de diamante, pré-amplificador interno e um conversor "Audio-to-Digital" (Áudio para o formato Digital) (ADC). Após construir ou comprar o ADC, a última parte do processo será criar um arquivo ISO (International Organization for Standardization -- Organização Internacional de Padronização) da sua gravação para inseri-lo em um disco, usando o gravador de CD.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Toca-discos USB
  • Computador com gravador de CD
  • Toca-discos com capsula magnética
  • Pré-amplificador
  • ADC (Audio-to-Digital Converter -- Conversor de Áudio para Digital)
  • Caneta marcadora permanente de escrever em discos

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Crie uma pasta de arquivos no computador para os arquivos ISO que criará. Faça um arquivo listando o nome de cada álbum que deseja converter. Certifique-se de que o dispositivo de armazenamento escolhido possui espaço suficiente para armazenar todas as gravações que deseja converter. Lembre-se de que cada álbum poderá ocupar 50 MB ou mais de espaço em disco.

    Como converter um disco de vinil em CD
    CDs duram mais do que discos de vinil (Hemera Technologies/Photos.com/Getty Images)
  2. 2

    Baixe o software que preferir para facilitar a criação da imagem ISO da gravação a partir do ADC. Vários programas gratuitos estão disponíveis e há outras opções pagas. A maioria das opções gratuitas possui recursos similares. Os softwares pagos disponíveis possuem conjuntos de recursos e faixas de preço variados, de poucos até centenas de reais. Leia análises e fóruns sobre softwares de produção de arquivos ISO antes escolher.

  3. 3

    Caso não possua mais um toca-discos, é possível comprar um com USB 2.0 na maioria das lojas de eletrônicos ou pela internet. Esses modelos vêm com softwares de conversão e um ADC embutido. Basta executar o software, conectar o plug USB no computador, colocar o disco de vinil, um CD em branco e seguir as instruções que serão exibidas na tela do computador ao abrir o programa.

  4. 4

    Conecte o seu ADC no toca-discos, caso ele seja do modelo tradicional com uma cápsula magnética. Conecte as saídas RCA nos conectores adequados do ADC. Algumas unidades requerem um plug adaptador de RCA para estéreo, para utilizar a entrada do ADC. Nesse caso, use um adaptador blindado para os cabos. Um toca-discos tradicional geralmente possui cápsulas e agulhas com qualidade superior aos existentes nos modelos USB com ADC, softwares e opções de transferência de vinil embutidas. Uma cápsula magnética tradicional e uma agulha em diamante oferecem um sinal muito superior ao das capsulas cerâmicas e agulhas de safira, oferecidas pela maioria dos vendedores. Conecte a saída do ADC na porta USB do computador. Dependendo do computador, poderá haver entradas diretas RCA na placa de áudio/vídeo. Se esse for o caso, use-as.

  5. 5

    Procure a opção "Make CD playable on all devices” (Tornar o CD executável em Todos os dispositivos) ou similar. Selecione essa opção.

  6. 6

    Coloque um disco de vinil no toca-discos e ligue o motor. Levante a alavanca de posicionamento do braço e coloque-o sobre a primeira faixa musical a ser capturada. Abra o software de captura e abaixe o braço do toca-discos. Quando o disco começar a ser reproduzido, você verá o som aparecer no monitor do computador como dois canais na forma de ondas. Faça os ajustes de áudio necessários na intensidade, carregamento, graves, médios e agudos do modo que considerar melhor, usando os controles de edição fornecidos. Quando estiver satisfeito com a qualidade do som, levante o braço do toca-discos e recoloque-o no começo do disco de vinil. Comece o processo de captura e abaixe o braço do toca-discos simultaneamente.

  7. 7

    Reproduza a primeira gravação usando fones de ouvido de boa qualidade para ter certeza de que os ajustes feitos no painel de controle do software condizem com seus gostos musicais.

  8. 8

    Comece a gravar os arquivos ISO usando o gravador de CD quando todas as gravações forem finalizadas. Após a primeira gravação, reproduza-a no leitor de CD do aparelho de som ou no computador, para verificar se está satisfeito com os resultados. Identifique os CDs usando uma caneta marcadora permanente para CDs; a identificação não apagará dentro de um ou dois anos, como as feitas utilizando canetas marcadoras comuns.

Dicas & Advertências

  • Estilos musicais diferentes variam em relação a qualidade da gravação. Transfira cada estilo na sua totalidade e então faça os ajustes sonoros apropriados para o próximo estilo. Não considere que Mozart e Madonna exigirão as mesmas configurações de equalização.
  • A construção do seu próprio ADC não foi abordada nesse texto. Veja a seção "Recursos" para obter as instruções para isso. As peças necessárias são encontradas em lojas de artigos eletrônicos em geral e lojas online. Você precisará dos componentes, uma placa de circuitos integrados perfurada, um ferro de solda, fluxo de solda em pasta, fios finos, uma fonte de eletricidade e algumas horas, dependendo do seu nível de experiência.
  • Ao escolher um software, procure o que ofereça a maior quantidade de ajustes e controles. Isso permitirá configurar o som da gravação de acordo com suas preferências.
  • Evite barulhos enquanto estiver trabalhando no seu estúdio de gravação doméstico. Sabe-se que o ruído do ambiente durante o processo de gravação poderá chegar até o CD.
  • Crie cópias em CD apenas para uso pessoal como backup. Tenha em mente que está copiando material com direitos autorais. Esses CDs são para o seu uso pessoal apenas e não para revenda. Não faça cópia das gravações para nenhum propósito ilegal ou de qualquer forma que infrinja direitos autorais.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível