Mais
×

A Copa na sua sala: a TV certa para ver futebol como se estivesse no estádio

Com os times já convocados para entrar em campo, só falta você escalar uma boa televisão para assistir aos jogos no conforto do lar. Eventos como a Copa do Mundo e as Olimpíadas são aproveitados pelos fabricantes de televisores para lançar novos modelos e criar estratégias de marketing para conquistar os clientes. Com isso, uma grande seleção de TVs chega ao mercado, tornando mais difícil para o consumidor definir qual é a ideal para acompanhar os torneios. Confira nossas dicas e prepare-se para chamar amigos e familiares. A partida vai começar bem aí na sua sala!

A Copa é uma boa oportunidade para comprar uma boa televisão (4774344sean/iStock/Getty Images)

Fatores variáveis

O mais importante na hora de escolher uma televisão é avaliar os modelos que sejam mais adequados para seu perfil e necessidade. Os melhores modelos variam de acordo com o espaço onde a TV será instalada, a distância entre a sofá até a televisão e até o consumo de energia elétrica de cada família. Isso sem contar, é claro, o custo, já que os preços podem variar bastante de loja para loja. No entanto, alguns fatores devem ser levados em consideração por todos.

LCD e plasma

Basicamente, há quatro tecnologias diferentes à disposição: LCD, plasma, LED e OLED. A tecnologia LCD possui uma lâmpada no fundo do monitor e uma fina camada de cristal líquido. Ela costuma gerar imagens com mais brilho e menor contraste e é indicada para ambientes claros, em salas pequenas e médias. Já a tela de plasma possui cores mais vivas e salientes já que o contraste entre a cor preta e as demais cores é maior. TVs de plasma são indicadas para salas espaçosas, com baixa luminosidade.

LED e OLED

A tecnologia LED é uma evolução do LCD. Ela conta com microlâmpadas localizadas no fundo do aparelho. TVs LED são mais caras que as LCD e mais finas e leves. Os televisores LED têm baixo consumo de energia e valorizam definições das cores. Já as telas OLED possuem melhor ângulo de visão (a tela praticamente não mostra reflexos). Por isso, são indicadas para qualquer tipo de ambiente, além de contar com painéis flexíveis. Além disso, a tela é ultrafina, mais fina do que as LED. E elas consomem pouca energia elétrica. Por ser a tecnologia mais recente, é a mais difícil de encontrar no mercado.

Definição

Além da tecnologia da TV, há outras características a levar em conta. Entre elas, a disputa fica principalmente entre modelos de alta definição (Full HD) e 4K (resolução que chega a até quatro vezes a definição atual). O resultado são imagens mais nítidas. Mas o olho humano só consegue distinguir a diferença dessas TVs em telas com mais de 50 polegadas. A grande aposta do momento é comprar SmartTVs, ou seja, modelos com acesso à internet e uma série de funções e aplicativos. O importante é pesquisar bastante e, se possível, conhecer o modelo antes de comprar, já que muitas vezes o aparelho mais caro pode não ser aquele que melhor atenda suas necessidades.

Smart TVs

Além das tecnologias utilizadas na fabricação do modelo de TV, há também um grande diferencial em adquirir as chamadas Smart TVs. Elas apresentam uma série de funções especiais e aplicativos que conectam a TV à internet. Entre os atrativos específicos para os amantes de futebol está a possibilidade de gravar lances específicos ou mesmo o jogo inteiro para ver depois. Isso é possível porque esses aparelhos registram as transmissões em seu hardware. Esses televisores contam ainda com a possibilidade de baixar aplicativos exclusivos com, por exemplo, a tabela da Copa para acompanhar melhor o evento.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article