Mais
×

O que fazer quando o cortador de grama Echo não funciona

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

A Echo é uma marca comum de cortadores de grama usada ​​para aparar quintais, calçadas e caminhos. Embora confiáveis, às vezes eles não funcionam corretamente. Há várias coisas que você pode fazer para solucionar o problema do aparador antes de levá-lo a um profissional.

Avalie o cortador de grama antes de levá-lo ao conserto (line trimmers image by Horticulture from Fotolia.com)

Combustível velho

Em alguns casos, o cortador de grama terá combustível antigo revestindo o motor, impedindo-o de funcionar corretamente. Esse é um problema comum em máquinas que não são usadas há bastante tempo. Para solucionar isso, basta jogar o velho combustível fora, lavar o tanque com água morna e, em seguida, deixá-lo secar por algumas horas. Depois, encha o tanque de combustível e veja se ele funciona.

Compressão do motor

A compressão do motor é importante para que ele funcione corretamente, e muitas vezes é jogada fora devido ao uso constante e desgaste. A maioria dos motores dos cortadores de grama precisa ser fixada em 90 PSI para funcionar corretamente, embora isso possa variar de modelo para modelo. Os mais modernos podem funcionar com compressões mais baixas, mas, quanto maior a compressão do motor, melhor ele funcionará. Segure o acelerador totalmente aberto depois de verificar a compressão do aparador e veja se está frio. Ele deverá puxar, no total, quatro a cinco vezes antes de funcionar.

Substituição ou reparação

Se o seu aparador Echo ainda assim não funcionar, verifique se a garantia dele ainda é válida. A maioria deles vêm com uma garantia de cinco anos para os consumidores e uma garantia comercial de dois anos que cobre todas as peças que quebram. Se você levá-lo à empresa autorizada, eles substituirão e consertarão o que estiver errado gratuitamente. Certifique-se de ter registrado o seu aparador Echo antes de fazer isso, caso contrário ele não será consertado.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article