Mais
×

Quando cortar o rabo do meu boxer?

Atualizado em 21 novembro, 2016

Os cães da raça boxer nascem com rabos longos e curvados, mas alguns donos preferem cortá-los para dar uma aparência mais poderosa e intimidadora. Outros cortam o rabo para dar a "aparência de boxeador". O resultado é um pequeno rabo que fica ereto. O procedimento, chamado de caudectomia, é ilegal em diversos países. Mas em alguns, como nos EUA, a prática ainda é permitida. O momento certo de realizar o procedimento fica à critério do dono.

Cortar o rabo de cães é um procedimento controverso (Three Lions/Valueline/Getty Images)

Primeira semana

Alguns criadores costumam cortar o rabo dos boxers na primeira semana de vida. Quanto mais jovem for o cão, mais fácil será a cicatrização e adaptação. E o dono não estará presente no processo da caudectomia, nem na cicatrização, então não precisarão ver a dor ou lidar com a recuperação envolvidas. A anestesia não é aplicada em filhotes com menos de 14 semanas de vida, por isso, esse método é difícil para alguns donos lidarem. Ele é controverso, pois não há nenhuma razão médica para a dor causada pelo procedimento.

Após oito semanas

A cauda do cão pode ser cortada após oito semanas de idade. No entanto, quanto mais velho, maior ficará o rabo. Rabos maiores tornarão a experiência mais traumáticas para os cães, pois o procedimento demorará mais e será mais complicado. A anestesia deve ser aplicada em cães desmamados com mais de oito semanas de vida. Os cães mais velhos terão mais dificuldade em se adaptarem à perda de suas caudas, o que pode afetar o equilíbrio.

Ferimento

Às vezes, os rabos dos boxers devem ser cortados devido a um ferimento ou desfiguração. Uma vez machucado, é difícil de recuperar completamente, mesmo com cirurgia. O cão irá morder e arranhar a cauda enfaixada, causando um ferimento e um sangramento maiores. Os boxers geralmente precisam ter seus rabos amputados após incontáveis lesões e cirurgias. Alguns donos afirmam que isso poderia ser evitado ao realizar a caudectomia quando os cães são filhotes.

Controvérsia

A caudectomia em cães tem sido banida em diversos países pelo fato de ser um procedimento estético desnecessário. O processo causa dor ao animal, que tem nervos, tendões e músculos cortados. Os donos realizam o corte para preservar a tradição e atender aos padrões de concursos de beleza caninos. Os juízes de alguns desses concursos penalizam o cão caso ele não tenha passado por uma caudectomia. Muitos veterinários se recusam a realizar o procedimento, mesmo em países que o mesmo seja legalizado. Outros recomendam, no caso específico dos boxers, para evitar maiores problemas no futuro.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article