Costumes africanos antigos

Escrito por brandon may | Traduzido por pina bastos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Costumes africanos antigos
Costumes africanos antigos têm sido passados de geração em geração e ainda estão presentes em práticas modernas (Tom Brakefield/Stockbyte/Getty Images)

Os costumes africanos antigos incluem símbolos espirituais e emocionais, ações e palavras que celebram a vida e o amor do espírito humano, assim como uma conexão próxima com os outros. Os costumes relacionados ao casamento, como atar um nó e pular a vassoura, são ambos antigos e modernos. Muitos deles ainda estão incorporados nos atuais, com poucas exceções. Os antigos costumes para enterros, por exemplo, não são amplamente praticados, pois envolvem sacrifício de animais. Outros, no entanto, como os ritos de passagem, ainda são praticados em algumas tribos africanas.

Outras pessoas estão lendo

Costumes africanos de casamento

Quando duas pessoas em uma tribo se casam, costuma-se atar uma corda, um fio ou um pedaço de grama em volta das mãos do casal. Isso é um exemplo de "amarrar um nó", unindo os dois indivíduos com um elo comum. Outro costume antigo inclui "pular a vassoura", no qual duas pessoas que se casam ou se unem romanticamente pulam por sobre uma vassoura para significar que estão criando um lar juntas. Embora a origem desse uso esteja em debate, ainda é um costume africano comum. As roupas de casamento em geral são adornadas com cores comemorativas vivas, dependendo da tribo.

Costumes antigos para enterros

Um dos costumes africanos antigos para funerais e enterros é o de sacrificar um animal, para significar o fim da vida. Itens pessoais são frequentemente enterrados junto com o indivíduo, para acompanhá-lo na vida após a morte. A maioria dos enterros está centrada no luto, mas também envolve uma celebração da vida do falecido e a sua jornada para uma nova vida.

Ritos de passagem

A circuncisão, para meninos assim como para meninas, é uma prática africana controversa em algumas tribos como um rito de passagem. Chorar e gritar durante o processo é sempre proibido, pois isso mostraria um traço de comportamento covarde. Os meninos geralmente se prepararão para defender seus lares aprendendo a lutar e ficando fortes. A maioria das meninas se preparará para ser mulher aprendendo mais a respeito de cozinha e dos cuidados com a família. A maioria dos ritos de passagem ocorre por volta dos 15 anos, pois essa idade significa a transição da infância para a idade adulta.

Costumes religiosos

Dependendo da tribo, certas práticas mitológicas e espirituais são o centro para a comunicação e a conexão entre as pessoas. Os sacrifícios de animais às vezes são executados, tanto para propósitos espirituais como de alimentação durante a cerimônia. Danças, rufo de tambores e a possessão espiritual são comuns em algumas tribos, assim como marcas de elementos cristãos, se a tribo tiver sido introduzida nesses ensinamentos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível