Creatina e queda de cabelo

Escrito por cindi pearce | Traduzido por marcelo couto
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Creatina e queda de cabelo
Tomar suplementos de creatina pode aumentar a queda de cabelo (casual man worried image by Ricardo Verde Costa from Fotolia.com)

O site da Mayo Clinic explica que a creatina, ou monohidrato de creatina, é um suplemento muito popular entre atletas que desejam melhorar seu desempenho. Ainda segundo o site, ela ajuda os músculos a liberar energia, resultando em surtos breves de força. Outros benefícios podem incluir o atraso da fadiga muscular e auxílio na circulação de adenosina trifosfato (ATP) no corpo, substância que armazena e transporta a energia nas células. O fígado produz creatina naturalmente, aproximadamente dois gramas por dia, além de ser possível obtê-la ao comer carne. A creatina é armazenada nos músculos, e seu excesso é removido pelos rins; no entanto, existem efeitos colaterais em potencial quando se toma esse suplemento.

Outras pessoas estão lendo

Efeitos

A creatina pode resultar em queda de cabelo. A edição de setembro de 2009 do Clinical Journal of Sports Medicine relata que, após sete anos de ingestão de creatina, os níveis de dihidrotestosterona (DHT) aumentaram em 56% entre os participantes do estudo. O DHT é um andrógeno, como a testosterona, e é o culpado pela queda de cabelo.

Identificação

A creatina é um ácido orgânico que fornece energia aos músculos. Quando o suplemento é ingerido, os níveis de DHT aumentam. Quando essa substância chega nos folículos capilares, ela evita que vitaminas, nutrientes e minerais também possam chegar a eles, o que faz com que o cabelo enfraqueça e fique quebradiço, resultando na sua queda, afirma o site Hairloss.ygoy.com. A queda de cabelo ocorre quando caem mais fios do que crescem, o que pode ser resultado da ingestão do suplemento de creatina.

Não é completamente entendido

O site Hairloss-research.org também afirma que o suplemento de creatina pode muito bem aumentar a queda, pois aumenta os níveis de DHT. Alguns usuários que passaram por isso tomam produtos antiandrogênicos e anti-inflamatórios para neutralizar o efeito colateral. A creatina e seus efeitos ainda não são completamente conhecidos, especialmente em relação ao DHT; portanto, tenha cuidado.

Riscos

Os riscos de se tomar creatina incluem aumento de peso, náusea, diarreia e cãibras no estômago e nos músculos, segundo a Mayo Clinic. O ganho de peso ocorre por causa da retenção de água e não por aumento da massa muscular. Quando a água é drenada para os tecidos de outras partes do corpo, pode haver desidratação.

Potencial

Os suplementos de creatina têm potencial de danificar os rins e fígado, embora os efeitos do uso a longo prazo ainda não sejam conhecidos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível