Mais
×

Crescimento de planta: Luz solar x Luz artificial

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Grande parte das pessoas preferem a luz natural do sol que fornece todo o espectro de luz naturalmente. No entanto, muita gente tem poucas opções além das luzes artificiais para a suas plantas que ficam em ambientes fechados. Enquanto as plantas não utilizam a luz verde do espectro, a azul é fundamental para o seu crescimento e desenvolvimento e a vermelha promove o surgimento de flores. Muitas luzes artificiais fornecem os dois espectros, embora seja em vários graus, por isso, você precisa decidir o que deseja plantar antes de escolher a fonte de luz artificial.

O sol traz vida para tudo na natureza, mas será que ele é realmente a melhor opção para plantas em ambientes fechados? (sunset, sunlight on the grass image by asmik from Fotolia.com)

Luz solar

Enquanto a luz do sol fornece às plantas todo o espectro de luz, as plantas no hemisfério norte ou sul receberão menos luz solar durante a transição do verão para o inverno e com o redução das horas dos dias. Conforme o sol acompanha o céu, ou mais precisamente a rotação do planeta, os obstáculos como as árvores, postes de linha telefônica e outros objetos podem bloquear a luz periodicamente. Para as plantas de locais internos, apenas aquelas colocadas contra uma janela posicionada de frente ao sul conseguem receber a luz vinda do sol.

Com a chegada do inverno e dias mais curtos, as plantas nas latitudes do norte e sul recebem menos luz solar (The sun image by Denis Kadacki from Fotolia.com)

Luz artificial

Um dos grande benefícios da luz artificial é que você pode controlar cota diária de luz recebida pelas plantas. Dessa forma, os moradores das latitudes do norte e sul podem fornecer às suas plantas luz para elas crescerem e desenvolverem até mesmo quando o sol se põe mais cedo. Assim você faz com que as planas acreditem que é verão e continuem crescendo ao invés de ficarem dormentes ou, em caso das plantas anuais, morrerem. Além disso, suas plantas receberão luz direta constantemente pelo tempo que a luz continuar acesa.

Luz incandescente

Embora sejam baratas, essas luzes fornecem pouca luz azul do espectro que é essencial para o crescimento da planta, tornando-as menos eficaz que outros tipos de luzes artificiais, pois elas produzem menos iluminação enquanto gastam mais energia. A fim de traçar os maiores benefícios da luz incandescente, você teria que colocá-la próxima às plantas e por essas luzes produzirem mais calor que os outros tipos, isso resultaria em queimaduras na planta. Além do mais, essas lâmpadas possuem um curto tempo de vida útil.

Uma lâmpada incandescente (ampoule electrique domestique image by Morad HEGUI from Fotolia.com)

Luz de descarga de alta intensidade

A luz de descarga de alta intensidade produz muito mais iluminação e usa menos eletricidade que as lâmpadas fluorescentes. Além do mais, elas produzem uma boa quantidade de calor e elas podem ser postas duas vezes mais distantes das plantas que as lâmpadas incandescentes, reduzindo as chances de queimadura. As lâmpadas de alta pressão de sódio emitem muita luz vermelha do espectro e pouca azul, tornando-as ideais para as estufas de flores, para complementar a luz solar e incentivar o surgimento de flores. As lâmpadas de metal halide emitem mais luz azul, fazendo com que elas sejam perfeitas para operações de crescimento interno de plantas que não florescem, como as plantas decorativas e as ervas. As lâmpadas HPS duram 12 vezes mais que as incandescentes e as lâmpadas MS podem durar até cinco vezes mais.

Luz de sódio de alta pressão (Lamps image by abogup from Fotolia.com)

Luz fluorescente

As luzes fluorescentes produzem menos luminosidades que as de descarga de alta intensidade, embora produzam mais luz que as incandescentes. Essas lâmpadas também produzem pouco calor e podem ser dispostas próximas às plantas. As lâmpadas avaliadas com as temperaturas mais altas (5000 a 6500 Kelvin) emitem mais luz azul do espectro e aquelas com as mais baixas (2700 a 3000 Kelvin) emitem mais luz vermelha do espectro, embora as duas proporcionem todas as luzes do espectro em baixas intensidades. As lâmpadas fluorescentes compactas duram cinco vezes mais do que as incandescentes e as fluorescentes retas com espectro completo T-5 durarão dez vezes mais.

Uma luz compacta fluorescente (fluorescent lightbulb image by timur1970 from Fotolia.com)
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article