O que fazer com uma criança que tem defensividade tátil?

Escrito por erin webb | Traduzido por fabrício scaramello
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que fazer com uma criança que tem defensividade tátil?
Defensividade tátil (Image by Flickr.com, courtesy of D. Sharon Pruitt)

A causa principal da defensividade tátil em uma criança é uma desorganização neurológica na parte mediana do cérebro, de acordo com a Healthcare South. Isso resulta em uma criança com extremo desconforto ou irritabilidade até com as sensações mais delicadas que ela possa sentir. A maioria se defende reagindo de uma maneira dramática quando são tomadas por tais sensações.

Outras pessoas estão lendo

Reconhecendo os sintomas

Se sua criança odeia que qualquer pessoa toque seu corpo, fica excessivamente temperamental ao toque de certos tecidos ou até contesta a temperatura ou textura de certas comidas, estes podem todos ser sinais de defensividade tátil.

O que fazer com uma criança que tem defensividade tátil?
Criança temperamental (Image by Flickr.com, courtesy of CIA DE FOTO)

O Protocolo Wilbarger

Patricia e Julia Leigh Wilbarger escreveram o livro intitulado "The Wilbarger Brushing Protocol" para informar aos pais dos métodos particulares de tratamento da defensividade tátil. Ele sugere o uso de uma abordagem intensa dando batidas rápidas e firmes nos pés, pernas, braços, mãos e costas com uma escova que não arranhe.

O que fazer com uma criança que tem defensividade tátil?
Escova de cabelo com cerdas macias (Image by Flickr.com, courtesy of hobvias sudoneighm)

Terapia ocupacional ou fisioterapia

Já que as crianças que são afetadas pela doença variam na extremidade, às vezes é necessário pedir ajuda profissional. Um terapeuta ocupacional ou fisioterapeuta são educados e experientes em utilizar diferentes métodos para tratar crianças com a defensividade.

O que fazer com uma criança que tem defensividade tátil?
Procurar ajuda (Image by Flickr.com, courtesy of Gordana Adamovic-Mladenovic)

Outros sintomas

Ao lidar com uma criança que sofre de defensividade tátil, os pais devem procurar outros sintomas que ela possa apresentar, como molhar a cama, problemas na fala, falta de coordenação e ser facilmente confundida. Estes são todos sintomas que devem ser avaliados com atenção pelo pediatra da criança.

O que fazer com uma criança que tem defensividade tátil?
Facilmente confuso (Image by Flickr.com, courtesy of D. Sharon Pruitt)

Avisos

Nunca force uma criança que está sofrendo da doença a tocar ou a usar algo que ela não quer, já que isso irá causar extrema irritação e irá apenas atrasar o processo de tratamento.

O que fazer com uma criança que tem defensividade tátil?
Seja paciente com seu filho (Image by Flickr.com, courtesy of Vince Alongi)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível