×
Loading ...

Como criar gado bovino numa área pequena

Atualizado em 21 novembro, 2016

Criar algumas cabeças de gado de corte numa pequena área cultivada pode ser uma experiência familiar gratificante. No entanto, cuidar de até mesmo de um pequeno rebanho pode tomar tempo. Para economizar tempo e dinheiro, pesquisa raças de antemão e escolha animais que se adaptarão melhor à terra. Por exemplo, considere as raças que ganham peso de forma eficiente e são relativamente dóceis, o que pode reduzir o tempo de cuidados com o gado. Afinal, quando a criação de gado é feita numa fazenda pequena, a interação com ele é maior do que se tivesse em grandes lotes de terra.

Instruções

Escolha gado mocho, sem chifres, para uma pequena área (Heads of Cattle image by Rosie Black from Fotolia.com)
  1. Procure por um gado saudável ​e magro. De acordo com Dale R. ZoBell, PhD, especialista em gado de corte, gado gordo não ganha peso de forma eficiente. Animais de diferentes raças podem ser mantidos juntos, mas garanta que eles são do mesmo tamanho para que um único programa de alimentação seja adequado.

    Loading...
  2. Estime quantas vacas você será capaz de criar no terreno. Leve em consideração o clima e a disponibilidade de água, bem como a raça de gado escolhida.

  3. Evite a superlotação do terreno. A superlotação pode estressar os animais e ter um impacto negativo sobre a sua saúde em geral levando a pouco ganho de peso e aumento das despesas com o veterinário.

  4. Cerque a propriedade. Verifique os regulamentos locais de cercamento e siga-os. Animais soltos podem ser perdidos ou feridos, e os proprietários serão responsáveis ​​por quaisquer danos que possam causar.

  5. Forneça abrigo para que o gado fique protegido das intempéries do tempo. Caso contrário, os animais usarão energia para se adaptar ao clima, em vez de ganhar peso.

  6. Evite pastagens ricas em alfafa, pois causam inchaço. Caminhe pelo terreno para garantir que não há plantas venenosas.

  7. Adicione suplementos, como vitaminas e minerais, à alimentação se o pasto ou outras fontes de alimento não atendem aos requisitos nutricionais mínimos.

  8. Crie uma programação de alimentação, se decidir adicionar grãos à dieta.

  9. Observe o gado diariamente. Isso permitirá avaliar o estado geral de saúde dos animais. Assim, será capaz de reconhecer mudanças individuais nos animais.

  10. Imobilize os animais com um bret quando for vermifugá-los. Animais soltos são perigosos de se manejar.

  11. Evite manter um touro em uma terreno pequeno. Caso contrário, não haverá espaço suficiente para mantê-lo separado dos outros animais. Se quiser produzir vacas, pode-se utilizar meios alternativos, como inseminação artificial.

  12. Prepare um cronograma de controle de parasitas. Ter animais em menos hectares aumenta a probabilidade de infestação parasitária, o que reduz o ganho de peso. Inclua no programa parasitas internos, como vermes, e externos, como piolhos.

  13. Mantenha os registros atualizados. Muitos produtos para controle de parasitas não podem ser usados ​​nas datas de abate. Também inclua os dados de peso e outros registros para que possam ajustar a manejo global ao longo dos anos subsequentes.

Loading...

Dicas

  • Pode-se pedir ao veterinário ou a criador de gado experiente para percorrer o terreno para identificar plantas perigosas ou outros pontos problemáticos.
  • O tamanho do rebanho que o terreno será capaz de suportar depende de muitos fatores, incluindo se pretende manter os animais no pasto ou em confinamento.

Aviso

  • Algumas raças se adaptam melhor em algumas condições que outras. Por exemplo, brahmans tendem a não se adaptar muito bem a climas frios como outras raças.

Referências

Loading ...
Loading ...