Como criar lagostas em um aquário

Escrito por naomi bolton Google | Traduzido por samir daura
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como criar lagostas em um aquário
Apesar das lagostas habitarem os oceanos, é possível criá-las em um aquário (Goodshoot/Goodshoot/Getty Images)

É possível criar lagostas em um aquário. Esses invertebrados são onívoros, podendo ser alimentados com rações artificiais e vegetais verdes. Para mantê-los em estado saudável, certifique-se de que a temperatura e a oxigenação da água estejam corretas. Também, deve haver quantidade suficiente de cálcio na água todas as vezes que esses crustáceos trocarem seu exoesqueleto. Se todos esses requisitos estiverem presentes, não terá problemas para criar lagostas em cativeiro.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Aquário de água doce de 400 litros
  • Suporte de aquário
  • Pequenos cascalhos para aquário
  • 3 vasos de barro
  • Cloro neutralizador de 236 ml
  • Colher de chá
  • Aquecedor de aquário
  • Kit de teste para medição do pH
  • Bomba submersa e tubo de venturi
  • Filtro externo com compartimentos de filtragem mecânica, biológica e química
  • Biobolas
  • Fio para filtro
  • Carbono ativado
  • Ração feita a base de peixes
  • Espinafre, abobrinha, ervilhas congeladas e cenouras em cubo
  • Cobertura para aquário
  • Cálcio líquido para aquário

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Coloque um aquário de 400 litros sobre um suporte adequado. Posicione-o longe de qualquer janela que receba luz solar direta, a fim de evitar o crescimento de algas.

  2. 2

    Deposite no fundo do aquário uma camada de 7,5 cm de cascalho pré-lavado. Como as lagostas gostam de cavar, as pedras devem ser arredondadas e pequenas.

  3. 3

    Posicione vasos de barro em direção à parte de trás do aquário.

  4. 4

    Coloque água da torneira no aquário, adicionando, posteriormente, 10 colheres de chá de neutralizador de cloro.

  5. 5

    Instale um aquecedor de aquário que mantenha a temperatura da água em aproximadamente 26 °C, que é a temperatura ideal para o Brasil. Todavia, poderá haver alteração quanto à temperatura ideal, dependendo do tipo de lagosta que se quer criar.

  6. 6

    Utilize um kit de teste para medição do pH da água. Lagostas necessitam de água suavemente alcalina. A água doce comum não contém cálcio suficiente, que é essencial para o crescimento dos crustáceos em questão. O pH ideal é de 7,5.

  7. 7

    Coloque uma bomba submersa e um tubo de venturi no aquário. Lagostas preferem água com alto nível de oxigênio dissolvido.

  8. 8

    Remova a parte superior do filtro e coloque as biobolas no local. Passe um fio no compartimento do filtro mecânico e coloque o carvão ativado no filtro químico. Recoloque a parte superior e conecte o filtro no aquário.

  9. 9

    Alimente as lagostas jovens com ração feita a base de peixe, espinafre cozido, abobrinhas, ervilhas congeladas ou cenouras em cubo. Alimente os crustáceos diariamente. Porém, nunca esqueça de recolher os restos de comida ao final de cada dia.

  10. 10

    Coloque uma tampa bem firme no aquário, evitando que as lagostas mais jovens fujam.

  11. 11

    Adicione cálcio líquido no aquário cada vez que as lagostas trocarem seu exoesqueleto. Esse cálcio ajudará os jovem lagostins a desenvolverem novos exoesqueletos a medida que forem crescendo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível