×
Loading ...

Como criar plantas híbridas

Atualizado em 20 julho, 2017

A polinização cruzada de plantas é o método usado para criar plantas híbridas. É intrigante observar duas plantas -- uma com flores bonitas e grandes e outra com flores bem menores, mas uma linda cor -- e imaginar os tipos que foram usados para criar essa combinação. Que tal a pimenteira que produz lindas pimentas vermelhas e outra que produz pimenta amarela bem saborosa? Já imaginou que tipo de pimenteira você obteria se realizasse polinização cruzada com as duas? Bem, a mãe natureza faz isso o tempo todo e você também pode.

Instruções

Faça plantas híbridas em sua casa (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)
  1. Escolha duas plantas para cruzar a polinização. Marque uma como a planta fonte e escreva a data no vaso para ter registro. Marque a segunda como recebedora. As datas serão úteis quando for necessário identificar as gerações de plantas que foram usadas no programa de hibridização.

    Loading...
  2. Estude as plantas para familiarizar-se com o estame e o estigma. O estame é o órgão masculino da flor. Ele é a porção da flor que tem o pólen formado. Se você não conseguir ver o pólen a olho nu, use uma lupa. O estigma é o órgão feminino. O pólen fica depositado no estigma e migra por um tubo para fertilizar a flor.

  3. Pegue a pinça e puxe o estame da flor fonte ou escolha a flor e tire todas as pétalas para expor totalmente o estame cheio de pólen da flor fonte.

  4. Carregue o estame com pólen até a flor recebedora. Pegue o pincel fino e seco, pincelando o pólen para cima do estigma. Faça isso repetidas vezes para certificar-se de que quantidade suficiente de pólen entrou na flor recebedora para fertilizá-la.

  5. Cubra a flor recebedora com um saco plástico para evitar que seja polinizada por outros, como abelhas ou insetos voadores. O saco funciona como um cinto de castidade até a flor revelar que foi fertilizada com sucesso.

  6. Observe a flor recebedora murchar; isso é um sinal de que foi fertilizada. Agora é seguro remover o saco. A flor murcha impede nova fertilização. Agora, toda a energia da planta estará direcionada à reprodução na forma das sementes sendo geradas.

  7. Observe as sementes formarem-se em aproximadamente quatro semanas. Colha-as e replante-as imediatamente ou espere até a próxima estação de crescimento.

  8. Plante as sementes e observe as plantas conforme elas começarem a florescer. Elas irão variar de acordo com as características em comum entre a fonte e a recebedora. Se as plantas forem de flores, escolha as mais belas em tamanho e cor. Para vegetais, escolha com base no tamanho, na qualidade e no apelo visual.

  9. Clone as plantas ao fazer mudas com galhos. Corte um galho com uma faca afiada onde saem os galhos do caule principal. Mergulhe as pontas em um composto para enraizamento e coloque-as em musgo de turfa ou perlita. Espere os brotos e a raiz se desenvolverem em aproximadamente duas semanas.

  10. Plante as mudas na terra.

Loading...

Dicas

  • As plantas mais fáceis de serem clonadas são melões, abóboras e tomates. As flores são fúcsias, petúnias e gerânios.

O que você precisa

  • Pinça
  • Pincel de pintura pequeno
  • Lupa
  • Sacos de plástico
  • Faca limpa e afiada
  • Composto para raiz
  • Turfa ou perlita

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...