×
Loading ...

Como criar profundidade em uma paisagem pintada com guache

Atualizado em 17 abril, 2017

A pintura com guache se parece com uma aquarela, mas é opaca ao invés de transparente. Desenhistas e pintores geralmente usam guache para pintar imagens realistas e tridimensionais. Originalmente usada para iluminar manuscritos e textos religiosos na Idade Média, o guache se tornou popular com os pré-rafaelitas do século 18 e com os impressionistas franceses do século 19, pós-impressionistas e neo-impressionistas. O brilho e a opacidade desse tipo de tinta a tornou um dos materiais favoritos dos pintores para criar um estilo altamente detalhado e ilusionista, dando a impressão de profundidade.

Instruções

Pinturas a guache são às vezes usadas para criar pinturas de paisagens (Michael Blann/Digital Vision/Getty Images)
  1. Adicione profundidade a uma paisagem pintada com guache ao desenhar a cena usando uma perspectiva linear. Componha e desenhe uma paisagem detalhada e que crie uma ilusão de ótica sobre papel para aquarela resistente. Estabeleça pontos de fuga e use-os para descrever elementos tridimensionais da composição da paisagem. Desenhe objetos na paisagem de acordo com a escala para que pareçam recuar na distância. Torne objetos distantes progressivamente menores quanto mais distantes estejam. Sobreponha objetos próximos sobre os distantes.

    Loading...
  2. Dilua a tinta guache com água para deixá-la mais rala para as camadas iniciais de tinta. Misture a guache nas xícaras de uma paleta para aquarela. Pinte tonalidades em degradê para o céu e para o chão, sugerindo profundidade. Pinte o céu mais escuro na parte de cima e mais claro perto do horizonte. Pinte árvores e montanhas em cores mais claras na parte de cima e mais escuras no fundo, assim como aparecem na natureza devido aos efeitos da luz ambiente.

  3. Use a perspectiva aérea para criar uma impressão de profundidade. Tinja as tintas guache com um pouco de azul ao pintar objetos distantes e partes da paisagem para imitar os efeitos atmosféricos. Pinte as bordas dos objetos com cores azuladas para fazer com que pareçam que se distanciam no pano de fundo. Retrate formas e objetos distantes indistintamente, com menos detalhes, contraste e poucas mudanças de valor. Adicione um pouco de água às cores de fundo quando secarem e misture-as com um pincel achatado.

  4. Aproveite o brilho das cores de tinta guache para realçar a profundidade em pinturas de paisagens. Siga o exemplo do pintor Hans Hoffman e crie um efeito "puxa e empurra" usando cores quentes, escuras e plenamente saturadas para o primeiro plano e cores mais leves, frias e embaçadas para o pano de fundo. Use cores com valores neutros e tonalidades medianas como vermelhos para meio da pintura. Use tinta mais espessa com pinceladas texturizadas para fazer com se se destaquem do plano da pintura.

  5. Simplifique os detalhes do pano de fundo e pinte-os com bordas esfumaçadas. Pinte detalhes do primeiro plano com clareza e com alto contraste para que pareçam saltar aos olhos da pessoa que observa o quadro. Adicione um pouco de branco à tinta guache para aumentar seu brilho natural. Justaponha cores complementares completamente saturadas para fazer com que pareçam ainda mais brilhantes e mais contrastantes. Use azuis e tons violetas intensos perto de amarelos e laranjas brilhantes para criar um senso de profundidade ao sugerir a luz do sol e suas sombras.

Loading...

O que você precisa

  • Material para desenho
  • Papel para aquarela
  • Tintas guache
  • Pinceis para pintura
  • Água
  • Paleta para aquarela

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...