Mais
×

Como criar raças pequenas de vacas leiteiras

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Raças pequenas de gado leiteiro podem ser muito úteis, seja para pessoas que desejam obter leite para consumo próprio ou que queiram começar uma produção de laticínios em pequena escala. Esses animais de pequeno porte exigem menos custos de manutenção, como em pastagem e em alimentação, e são mais fáceis de cuidar. Raças pequenas de gado Jersey são as mais vastamente criadas (Referência 1), sendo que as outras são menos populares. O processo de criar gado de porte pequeno é similar ao do gado de tamanho comum.

Instruções

Raças pequenas de gado exigem cerca de um acre de pasto por animal (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)
  1. Alimente os filhotes recém-nascidos com 500 mL de colostro durante suas primeiras 24 horas de vida, caso eles não tenham acesso ao leite da mãe. O colostro é o primeiro leite que uma vaca produz depois de dar à luz e possui anticorpos especiais, que fornecem imunidade. Ele pode ser armazenado e dado aos filhotes.

  2. Limpe o umbigo do filhote com iodo para prevenir infecções. Vacine-o contra E. coli, processo que geralmente é feito por via oral. Leia a bula ou contate um veterinário para verificar se o conteúdo inteiro da vacina é apropriado para o filhote de uma raça pequena.

  3. Crie o filhote dentro de uma gaiola por cerca de quatro meses. Certifique-se de que a abertura dela seja baixa, de forma que ele consiga colocar sua cabeça para fora, e forre-a com uma quantidade de feno suficiente para que o filhote também possa comer. Alimente-o com 500 mL de leite por dia e aumente a quantidade conforme ele cresce. O filhote crescerá mais rápido se forem oferecidos cereais em sua dieta. Comece com apenas alguns punhados de cereais uma semana depois do nascimento e aumente a quantidade para vários quilogramas depois de quatro meses.

  4. Coloque o novilho em um pasto. A forma mais fácil de fazer isso é amarrar o animal a uma estaca, deixando que ele se movimente bem, e mudar o local da estaca todos os dias. No entanto, a melhor opção é criar uma área de pastagem que tenha pelo menos um acre para cada animal que crescerá no local. Os fios de arame da cerca devem ficar a uma altura logo abaixo do peito da maioria dos animais que viverão na área delimitada. Certifique-se de que haja uma fonte de água, como um cocho, que seja preenchida regularmente.

  5. Procrie os novilhos de pequeno porte quando eles alcançarem cerca de 12 meses de idade. Geralmente, é melhor fazer isso de forma artificial, devido à baixa acessibilidade dos machos de raças pequenas. Contate um técnico em inseminação artificial e pergunte se ele possui sêmen de raças pequenas disponível. Peça para que ele faça a inseminação da fêmea quando ela estiver no cio. É possível identificar um animal no estro, ou seja, no cio, quando ele monta em outros novilhos, quando fica parado para ser montado e quando surge mucosa em sua vulva.

  6. Alimente o novilho com leite no dia em que ele der à luz e, depois disso, pelo menos uma vez por dia. Se desejar, faça isso duas vezes por dia. A maioria dos donos de gado de porte pequeno ordenha os animais com as mãos. Segure a vaca usando um cabresto e amarrando-a a algo sólido. Disponha o leite em um balde limpo fazendo movimentos para baixo com as mãos. Insemine a vaca novamente cerca de 60 dias depois que ela der à luz.

O que você precisa

  • Pastagem
  • Suprimentos de cerca
  • Cocho para água
  • Gaiola para filhotes
  • Colostro
  • Vacina contra E. coli
  • Iodo
  • Suprimentos de amamentação
  • Feno
  • Cereais
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article