Como criar uma sala de meditação de acordo com Feng Shui

Escrito por tami mason | Traduzido por angela spada
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como criar uma sala de meditação de acordo com Feng Shui
Fuja às pressões de uma vida moderna agitada (Jupiterimages/Polka Dot/Getty Images)

Uma sala de meditação de acordo com o Feng Shui oferece um espaço silencioso para relaxamento e meditação. Nem é necessário que seja a sala inteira, caso você tenha problema de espaço; pode ser um ambiente reservado no canto de seu quarto ou na sala de estar. É um santuário onde você pode relaxar a mente e conectar-se ao seu eu espiritual profundo por meio de meditação, oração, contemplação e ioga. Empregando a antiga arte do Feng Shui, você pode planejar uma sala para, neste sagrado espaço, criar um fluxo de energia positiva.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Limpe a sala completamente para dispor de uma tela em branco onde trabalhar. Se possível, use uma sala que ofereça abundante luz natural.

  2. 2

    Pinte a sala de acordo com os princípios do Feng Shui, com cores "yin", que são: azul, verde, preto, branco, rosa e roxo. As cores yin representam a cura e o relaxamento, enquanto as cores "yang" representam os elementos do fogo e são consideradas mais ativas e energéticas. Yin/yang é o conceito da harmonia dos opostos na filosofia asiática. O azul é calmante, suavizante, pacífico e confiante. O verde é curativo e relaxante, e representa o crescimento e a natureza. O preto representa a proteção e o poder espiritual. O branco é sereno, pacífico e espiritual. O rosa representa o amor e o romance. O roxo está relacionado à cura e à percepção espiritual.

  3. 3

    Crie um lugar confortável onde possa sentar-se ou deitar para meditar. Isto é realmente uma escolha pessoal. Talvez prefira uma simples esteira, uma pilha de almofadas no chão ou um banquinho baixo. Seja o que for que funcione melhor para você, assegure que seja simples e, ao usar almofadas, evite os padrões muito vivos e atenha-se ao seu esquema de cores.

  4. 4

    Se desejar, acrescente outra mobília, mas mantenha o mínimo possível. Se passar muito tempo lendo escrituras e material inspirador, uma estante conservará seus livros arrumados e seguros. Uma mesa baixa é perfeita para expor os itens que deseje incorporar à sala, ou até para usar como um pequeno altar.

  5. 5

    Represente os quatro elementos: terra, ar, fogo e água. Uma planta ou minijardim Zen representa o elemento terra. O ar é representado geralmente pela queima de incenso ou sinos do vento. As velas representam o elemento fogo. O elemento água pode ser representado por uma pequena tigela com água ou uma fonte para interiores, que emite um som suavizante que também pode ajudar no relaxamento e meditação.

  6. 6

    Acrescente acessórios à sala. Estes devem ter um significado especial para você. Por exemplo, a estátua de um deus favorito ou figura espiritual, como o Buda, ou a imagem ou citação de alguém que você considere inspirador, como Gandhi. Caso tenha feita uma viagem espiritual para um lugar como Índia ou Tibete, deixe expostos os itens que trouxe desses locais.

  7. 7

    Acrescente velas à sala. Além de representar o elemento fogo, as velas podem ajudá-la a manter o foco. Use cores diferentes, dependendo de como se sente e o que deseja alcançar com a meditação. Por exemplo, o dourado representa as deidades masculinas, enquanto prata representa as deidades femininas. O verde representa fertilidade, prosperidade e o elemento terra. O vermelho é a cor do fogo, paixão e energia. O azul representa a sabedoria, o sucesso e o elemento água. O branco representa o elemento ar. O preto repele a negatividade.

Dicas & Advertências

  • O mais importante é que, ao escolher um esquema de cores, você use uma cor que esteja de acordo com a sua personalidade e traga para a sua sala os aspectos específicos que você procura.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível