Mais
×

Como criar salmão em um tanque

Atualizado em 17 abril, 2017

A colocação de ovos de salmão em um tanque pode protegê-los de doenças e parasitas, e torna o salmão adulto mais seguro para consumo humano. Os resíduos produzidos pelo salmão podem ser tratados. Além disso, menos produtos químicos serão necessários para criar o salmão em tanques do que as técnicas usadas em fazendas. O principal desafio é manter a temperatura do aquário em um nível adequado para eles, que é fácil se tiver uma unidade de refrigeração e um dispositivo que possam monitorar e controlar a temperatura do tanque.

Instruções

O salmão prefere água mais fria do que a maioria dos peixes (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)
  1. O tanque deve ser lavado com água antes de adicionar os ovos de salmão. Limpe somente a frente do tanque para visibilidade. As algas se desenvolverão no tanque, mas são benéficas.

  2. Instale um aerador para garantir que o tanque tenha oxigênio suficiente. Filtre a água, de modo que ela não desenvolva muita amônia, que pode oprimir e matar os peixes.

  3. Mantenha as temperaturas baixas para o salmão na maioria dos tanques. O tanque deve ser ligado a um refrigerador para que a água possa circular continuamente através dele e esfriar. A temperatura deve permanecer em 7 ºC. Se estiver preocupado com a manutenção da temperatura, considere instalar um termostato.

  4. Para ter certeza de que tudo esteja funcionando, teste todos os equipamentos quatro semanas antes de começar a colocar os ovos de salmão.

  5. Cubra o tanque com isopor para evitar a luz e manter a temperatura, pois o calor passa através do vidro. Isso criará um ambiente ideal para os ovos serem incubados. A água deve estar na temperatura certa, pois a água muito quente fará o salmão nascer muito cedo e a água muito fria irá impedi-lo de nascer.

  6. Coloque os ovos em cascalho natural, fresco e enxaguado em água fria para remover a poeira. Quando terminar a incubação dos ovos, remova o isopor.

  7. Espere até que o peixe tenha consumido os sacos de ovos antes de alimentá-lo. Comece a alimentar os peixes descartando alimentos dentro do tanque e deixe-os pegá-los antes de atingirem o solo. O peixe vai "abotoar," um termo que se refere a quando consumiram o saco de ovos. O centro de incubação de ovos deve ter comida destinada ao salmão jovem.

  8. Comece a adicionar larvas de mosquito congeladas para o salmão cerca de oito semanas depois que chocarem. As larvas fornecem proteína para o peixe. No entanto, garanta que os níveis de amônia estejam baixos antes de adicioná-las, uma vez que elas podem contribuir para os níveis de amônia. Os níveis de amônia não devem estar acima de 0,25 partes por milhão. Idealmente, devem estar em zero. O salmão em tanques com muita amônia terá listras vermelhas nas brânquias.

  9. Verifique a temperatura da água diariamente. Temperaturas acima de 10 ºC podem facilmente matar o salmão.

  10. Remova ovos brancos ou amarelados que estiverem mortos.

Dicas

  • A barra de refrigeração pode desenvolver gelo. Livre-se deste elevando a temperatura, mas não deixe ultrapassar 10 ºC.

Aviso

  • Quando o salmão chocar, não alimente-o, uma vez que ele tem um saco de ovos que fornece nutrição. Adicionar alimentos aumentará a quantidade de amônia, que reduzirá as chances do salmão sobreviver. Quando começarem a ser alimentados, forneça ao peixe somente a quantidade de alimento que comerá em um minuto.

O que você precisa

  • Termostato
  • Unidade de refrigeração
  • Tanque
  • Aerador
  • Filtro
  • Isopor
  • Cascalho natural
  • Comida de peixe
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article