Como criar tons de pele com lápis de cor Prismacolor

Escrito por b. maté | Traduzido por anderson gandor
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como criar tons de pele com lápis de cor Prismacolor
Lápis de cor são vendidos individualmente ou em conjuntos (colored pencil ends image by sonya etchison from Fotolia.com)

Tons de pele podem ser produzidos incorporando realces, meios-tons e sombras com uma base no tom de pele. O livro de Lee Hammond, "Lee Hammond's Big Book of Drawing" (O grande livro de desenho de Lee Hammond), recomenda uma variedade de lápis de cor que podem ser usados efetivamente para produzir esses tons naturais de pele. Essa seleção de bege, pêssego e de tons de marrom, oferecida pela Prismacolor, foi desenvolvida especialmente para colorir pele. Os lápis da Prismacolor são populares porque são baratos, mas fornecem uma rica variedade de cores. Esses lápis são encontrados em unidades ou conjuntos, como os utilizados para tons de pele.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Lápis Bege PC 977
  • Lápis Ocre queimado PC 943
  • Lápis Marrom Sienna PC 945
  • Lápis Pêssego Claro PC 927
  • Tortillon
  • Papel velino

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Selecione os lápis, com quatro cores complementares. Sob a luz natural, a pele tem muitos tons, não apenas um, e introduzindo outras cores pode ajudar a dar à pele uma aparência mais natural. Primeiramente, selecione o lápis bege, da Prismacolor, como a cor da base na qual todas as outras serão aplicadas. As outras cores necessárias seriam uma para realces (pêssego claro), uma para meio-tom (ocre queimado) e uma para sombras (marrom Sienna). Esses lápis de cor podem ser melhor aproveitados se o desenho for feito em papel velino, porque o atrito ajuda a extrair mais pigmento do lápis de cor.

  2. 2

    Preencha o desenho do objeto com a base de cor bege, utilizando a técnica de "pinceladas leves" mostrada no livro "Drawing and Painting People: The Essential Guide" (Desenhando e pintando pessoas: o guia essencial). Essa pincelada é adquirida utilizando um lápis bem apontado e colorindo suavemente o rosto com linhas finas justapostas. Faça a cor de base antes de modelar as pinceladas com ferramenta Tortillon, para que fiquem integradas.

  3. 3

    Aplique os meios-tons e as sombras ao desenho, utilizando os dois lápis com as cores mais escuras. O ocre queimado é um marrom médio que pode ser utilizado para dar definição ao tom de pele. Essa cor pode ser aplicada, utilizando a mesma técnica da pincelada leve, em lugares como as têmporas e sob os olhos e na área do queixo, para dar definição ao desenho da face. Para vincos mais escuros e sombras, o marrom Sienna Prismacolor pode ser usado com uma pincelada mais pesada. Esse tom profundo pode ajudar a acentuar sombras sob o pescoço ou orifícios como as narina e as orelhas. Adicione um pouco do ocre queimado e do marrom Sienna de cada vez sobre a página, misturando-os com o Tortillon. É mais fácil acrescentar mais pigmento do que removê-lo.

  4. 4

    Introduze os realces à pele adicionando o pêssego claro às áreas onde a luz naturalmente encontraria o objeto. Se estiver desenhando um rosto, pode ser no meio da testa, no topo das bochechas, na ponta do nariz ou na curva dos lábios. Use a técnica da pincelada leve, misturando a cor mais clara sobre a base bege com a ferramente Tortillon. O realce pode ser o toque final para dar à pele uma aparência mais natural.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível