Mais
×

Como cruzar um Shih-Tzu com um Mini Schnauzer

Atualizado em 21 novembro, 2016

O cruzamento do shih tzu com o schnauzer miniatura produz um filhote de raça mista informalmente chamada de schnau-tzu. Apesar de as características variarem imensamente de filhote para filhote, eles geralmente consistem em uma mistura dos traços de seus pais. Muitos exemplares desta raça mista são dóceis, extrovertidos, com pelos longos e amistosos, assim como seus ancestrais shih tzu. Os filhotes podem também herdar a coragem, a energia e os instintos protetores e a pelagem do schnauzer. Produzir um filhote schnau-tzu é fácil, basta seguir as instruções gerais para a criação de cães de pequeno porte, com algumas diferenças em relação aos seus progenitores.

Instruções

Os filhotes schnau-tzu geralmente favorecem as características físicas e sociais de um de seus pais (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)
  1. Escolha os progenitores baseando-se em tamanho e características. Apesar do tamanho e peso médio das duas raças serem similares, os schnauzer miniatura são geralmente um pouco maiores. Para a saúde da cadela e alívio na hora do parto, você pode querer escolher uma fêmea schnauzer miniatura de maior tamanho e um shih tzu macho. O propósito da criação de raças híbridas é muitas vezes a tentativa de extrair e potencializar traços desejados de cada raça, sendo assim, deve-se escolher dois cães que incorporem tais traços.

  2. Observe os sinais que indicam que a cadela está no cio. O início do proestro é acompanhado por um ligeiro inchaço da vulva e secreção sanguinolenta. Esta fase tem a duração de cerca de nove dias; durante a qual a fêmea irá rejeitar investidas de cães machos. Quando a secreção diminui e fica mais clara, quer dizer que a fêmea atingiu a fase estral, em que ela poderá ter filhotes.

  3. Cruze os cães. Assim como as humanas, as cadelas podem não conceber após a primeira relação. Para uma probabilidade maior, cruze os cães várias vezes. Isso pode ser conseguido ao simplesmente deixar os cães próximos e deixá-los sozinhos por algum tempo, embora você possa desejar supervisionar o processo para se certificar que nada dê errado.

Dicas

  • Marque visitas regulares ao veterinário e proporcione cuidados pré natais para a fêmea através de toda a gestação. Ao se aproximar a data do parto, observe sinais de sangramentos e quaisquer sinais de problemas. Quando a cadela entrar em trabalho de parto, contate seu veterinário. Caso o processo não ocorra normalmente ou se a fêmea demonstrar comportamentos e sintomas estranhos, você pode precisar levá-la no veterinário para uma cesariana ou outro tipo de procedimento para realizar o parto.
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article