Cuidados com astromélias

Escrito por danielle hill | Traduzido por mara marcos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Cuidados com astromélias
Plante astromélias para dar um toque de cor tropical ao jardim (alstroemeria image by Kolett from Fotolia.com)

A astromélia, também conhecida como lírio peruano ou lírio-dos-incas, produz flores coloridas semelhantes à amarílis. Sua cores incluem laranja, rosa, roxo, vermelho, amarelo e branco, com muitas variedades listradas ou pintadas. Como uma flor de corte, ela tem uma duração muito longa. No jardim, ela se auto-semeia após o primeiro ano, o que a torna uma adição perene para qualquer canteiro na primavera e no verão sem grandes cuidados.

Outras pessoas estão lendo

Necessidades climáticas

Em geral, as astromélias são resistentes ao frio, em área onde a média de temperatura baixa anual varia entre -30 ºC a -10 ºC. As plantas podem suportar temperaturas do solo tão baixas quanto 5 graus centígrados, embora alguns híbridos possam tolerar -15 ºC. Em zonas muito frias, cubra as raízes com terra, estrume e palha para ajudar a conservar o calor na região. Se você plantar sua astromélia em vasos e movê-los para dentro de casa durante os meses mais frios, elas podem sobreviver a temperaturas até mais frias. Essa flor geralmente requer sol pleno, procure um local onde elas receberão sol direto durante toda a manhã e à tarde. Uma exceção notável é Alstroemeria psittacina, que prefere sombra parcial à total.

Rega

As astromélias precisam de rega moderada durante o crescimento e a floração. Tenha cuidado para evitar a rega em excesso. As flores exigem que o solo esteja úmido, mas bem drenado. Se você plantá-las em vasos, verifique se o pote tem buracos suficientes no fundo para a drenagem. Se plantá-las ao ar livre, evite o plantio em depressões, na parte inferior de encostas ou em terrenos pantanosos. Melhore a drenagem do solo argiloso acrescentando composto ou terra argilosa usada em vasos. Durante a dormência de inverno, os tubérculos não necessitam de rega.

Plantando

A astromélia cresce a partir de tubérculos, parecidos com os bulbos, e eles passam por um período de dormência durante o inverno. Plante-os a uma profundidade de 20 cm, com espaçamento de cerca de 30 cm de distância, no final do verão ou início do outono. Espere por flores no fim da primavera ou no verão. Quando adultas, as flores devem medir entre 30 cm e 1,2 m de altura. Enquanto muitas astromélias são decíduas e totalmente dormentes durante os meses frios, as variedades que permanecem sempre verdes estão cada vez mais disponíveis para jardineiros. Essas variedades continuam florescendo através de invernos amenos. Puxe brotos floridos da base para desencadear florações repetidas.

Protegendo de pestes e doenças

Proteja sua astromélia de problemas típicos dessa planta, como mofo cinzento, vírus, ácaros ou lesmas. Impedir que a planta desenvolva "pés molhados", com solos bem drenados, ajudará a protegê-la do mofo cinzento. Introduza insetos "amigáveis", como joaninhas, para protegê-la contra ácaros. Outros inimigos naturais dos ácaro incluem o percevejo-pirata, insetos predadores (espécie Geocoris) e pulgões predatórios.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível