Mais
×

Cuidados de higiene que podem preservar sua saúde

Jupiterimages/Creatas/Getty Images

Introdução

Prevenção é a palavra-chave quando você pensa na sua saúde e em evitar doenças. Neste sentido, cuidados básicos de higiene como lavar bem as mãos e os alimentos antes de cozinhá-los podem colaborar e muito. Água e sabão são ótimos parceiros para você nesta tarefa. Veja a seguir as nossas dicas de hábitos que você deve ter com o corpo, a casa, as roupas e as comidas.

Spike Mafford/Photodisc/Getty Images

Lavar as mãos

Lembre-se de lavar as mãos antes das refeições e de manusear alimentos, ao entrar em casa e também depois de ir ao banheiro. Este é um dos cuidados de higiene mais básicos mas um dos mais importantes. Lave-as com água e sabão. Esfregue a palma da mão, o dorso, entre os dedos e o punho. Depois, deixe cair bastante água corrente. Vale ressaltar que apenas a água não irá tirar por completo as impurezas.

Pixland/Pixland/Getty Images

Andar com álcool em gel na bolsa

Quando você está na rua, nem sempre tem a chance de lavar as mãos da forma adequada. Mas se você for comer alguma coisa ou mesmo tiver lavado as mãos há algumas horas, use álcool em gel. É importante levá-lo na bolsa para estas situações. O álcool também protege contra germes, vírus e bactérias. A substância começou a ser difundida com o aparecimento da gripe H1N1. Se você encosta em locais como corrimões e maçanetas de espaços de grande circulação de pessoas, o ideal é higienizar as mãos em seguida, para ficar mais protegido contra possíveis vírus.

Tay Jnr/Digital Vision/Getty Images

Lavar bem os alimentos

É muito importante lavar bem os alimentos antes de levá-los à mesa para sua alimentação e a de sua família. No caso das verduras, certifique-se de que não haja ficado nenhum resto de terra, larvas ou insetos. O ideal é deixá-las de molho em uma solução desinfetante por 30 minutos. Ao final, lave-as novamente. Com os legumes, se for consumi-los com casca, esfregue-os com uma bucha para tirar qualquer resíduo de agrotóxico. Coloque de molho e, depois, lave em água corrente. Faça o mesmo com as frutas. As uvas, por exemplo, podem acumular pequenas teias de aranha entre os galhinhos. Preste atenção nisso e higienize tudo corretamente.

Visage/Stockbyte/Getty Images

Não levar as mãos ao rosto

Encostamos as mãos em diversos lugares ao longo do dia - no banco do ônibus, no corrimão do metrô, no balcão do restaurante, no celular e em dinheiro. Uma infinidade de germes, bactérias e vírus podem se alojar nelas. Daí vem a importância de lavá-las bem e com frequência. Para evitar problemas causados por vírus e bactérias, evite levar as mãos ao rosto. O contato com os olhos, por exemplo, pode ocasionar conjuntivite, caso tenha tocado no mesmo local que outra pessoa infectada.

Visage/Stockbyte/Getty Images

Não andar descalço

Andar descalço pode até fortalecer os pés das crianças, se isso acontecer em um terreno absolutamente limpo. Mas na terra, no quintal ou na rua, é importante que as crianças e adultos usem calçados. O risco de se andar descalço é ser contaminado por algum fungo, bactéria ou parasita. Eles podem causar doenças diversas, como a micose. Há ainda o bicho de pé e o bicho geográfico, que causam coceira e feridas nos pés. Além disso, andando calçado, você evita pisar em cacos de vidro ou em pregos enferrujados, que podem causar tétano.

BananaStock/BananaStock/Getty Images

Escovar bem os dentes

A boca é um ambiente úmido e a umidade é propícia para a proliferação de germes. Por esta razão, o local é porta de entrada para muitas doenças. por isso mesmo, você precisa cuidar da sua higiene bucal. Uma boa escovação também deixa a gengiva mais saudável, sem sangramentos e você escapa do mau hálito. Utilize também o fio dental para evitar que os problemas dentários se tornem mais graves.

Jupiterimages/Brand X Pictures/Getty Images

Roupas e calçados limpos

Bactérias, fungos e todos aqueles bichinhos que fazem mal à nossa saúde gostam mesmo de umidade e sujeira. Então, o melhor a fazer é sempre manter tudo limpo. E isso funciona também com roupas e calçados. Quando usamos uma roupa, deixamos nela nosso suor e células mortas que recobrem nossa pele. Por isso, lave bem as peças. Lembre-se, especialmente, de trocar as roupas de baixo e as meias diariamente. O mesmo acontece com os calçados, que ficam sujos e úmidos.

Pixland/Pixland/Getty Images

Tomar banho

Se a maioria das contaminações vem da sujeira, um banho completo é essencial para manter sua saúde. A pele é o maior órgão do nosso corpo e é uma barreira contra a entrada de micro-organismos. Saiba que ela perde força quando o pH é alterado. Isso acontece pelo suor, oleosidade e células mortas, além do prejuízo ocasionado pelos poluentes do meio ambiente. É importante tomar banho com água e sabonete. No entanto, cuidado ao esfregar a pele e abusar do uso do sabonete (em vários banhos no mesmo dia). Eles podem tirar a proteção natural da sua pele.

Martin Poole/Photodisc/Getty Images

Manter a casa limpa

É importante limpar a casa onde você mora para evitar umidade, sujeira e poeira, que atraem micro-organismos e também animais, como baratas e ratos. Limpe tapetes e carpetes para que o pó não cause alergias. Mantenha o chão sempre limpo para não atrair insetos. Cortinas e sofás também podem acumular resíduos e atrair micro-organismos e baratas. Na cozinha, evite o acúmulo de farelos e restos de alimentos.

Creatas Images/Creatas/Getty Images

Cortar as unhas

Manter as unhas limpas e bem cuidadas é um sinal de limpeza e boa higiene. Mantê-las em dia também significa saúde. As unhas podem armazenar impurezas e, por isso, é preciso lavar bem as mãos. Também podem indicar quando algo vai mal com sua saúde. Se você tem anemia, elas se tornam arqueadas. Caso estejam fracas e quebradiças, podem denotar que algo vai mal. Lembre-se também de não roê-las. Este mau hábito pode inflamar a pele ao redor das unhas e dificultar o crescimento. Além disso, se sua mão estiver suja, você levará todas as impurezas para dentro de sua boca.