×
Loading ...

Cuidados com uma periquita com o ovo preso

Atualizado em 17 abril, 2017

Sua periquita pode ser a fonte de alegria e diversão em sua casa, e saber que ela está prenha pode ser uma experiência emocionante. Embora ela possa não ter problemas para pôr os ovos, algumas periquitas podem ficar com o ovo preso, o que significa que ela não conseguirá botar um ou mais dos ovos dela. O primeiro passo para cuidar da periquita é saber mais sobre essa condição dolorosa e potencialmente fatal.

Instruções

As periquitas podem ficar com o ovo preso durante a postura do mesmo (BananaStock/BananaStock/Getty Images)
  1. O ovo preso é uma complicação grave na gestação das aves, na qual a ave ou periquita é incapaz de colocar um ou mais de seus ovos, pois eles ficaram presos dentro do corpo dela. Um ovo preso dentro de uma ave pode colocar pressão sobre o fígado, os pulmões e os rins dela, e pode ser fatal se não for tratado. Se ele permanecer no oviduto da periquita por muito tempo, pode causar danos nos nervos das pernas e pés da ave. Essa condição é mais comum em aves de estimação que são alimentadas apenas com alpiste. As deformidades do ovo também podem causar o ovo preso.

    Loading...
  2. Uma ave gestante que fica com o ovo preso pode sentar no chão da gaiola por longos períodos de tempo e pode-se notar um esforço excessivo e uma contratação na área do estômago. Ela pode ofegar e respirar profundamente. Será possível notar que a cloaca (abertura por onde o ovo sai) estará inchada e que os excrementos dela serão muito grandes.

  3. Se você suspeitar que sua periquita está com o ovo preso, leve-a para um veterinário imediatamente. Não tente apertar a barriga dela para ajudar a passar o ovo, pois você pode quebrar a casca do ovo e causar uma hemorragia interna, o que ferirá ainda mais a ave. Se não for possível chegar a um veterinário imediatamente, coloque uma almofada térmica sob a gaiola, pois às vezes o calor pode ajudar a passar o ovo. Não coloque a almofada dentro da gaiola junto com a periquita.

  4. Quando for ao veterinário, ele tocará o corpo da periquita para determinar a localização do ovo e pode tirar uma radiografia. Ele pode injetar oxitocina na ave, que é uma medicação que induz o trabalho de parto. Ele também pode injetar uma agulha para drenar o líquido do ovo, já que o peso do ovo pressiona os órgãos próximos a ele. O veterinário também pode precisar realizar uma cirurgia de emergência para remover o ovo do oviduto.

  5. O ovo preso pode ser prevenido com uma dieta saudável, conforme a prescrição do médico veterinário. Seu veterinário também pode recomendar que a periquita tome suplementos de cálcio, fósforo, vitaminas e minerais. A terapia medicamentosa hormonal pode ser usada para evitar o ovo preso, e também pode-se fazer uma histerectomia para evitar futuras gestações em aves propensas a ter essa condição.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...