Cuidados com a semente de chia

Escrito por kristen marquette | Traduzido por mayara leal
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Cuidados com a semente de chia
Os Astecas comiam sementes de chia para aumentar seus níveis de energia (Jupiterimages/PhotoObjects.net/Getty Images)

Originalmente do México e cultivada pelos Maias e Astecas, as sementes de chia vêm da planta do deserto Salvia hispânica, vulgarmente conhecida como "chia". Em 2011, os agricultores começaram a cultivar essa planta comercialmente na América Central e do Sul. As sementes são conhecidas pela sua diversidade de propriedades medicinais. Entretanto, sua ingestão pode causar efeitos colaterais incômodos.

Outras pessoas estão lendo

Informações nutricionais

Aproximadamente 2 colheres de sopa de sementes de chia contêm 4 gramas de proteína, 9 gramas de gordura, 12 gramas de hidratos de carbono e 11 gramas de fibra. Ao comê-las, você também ingere vitaminas, minerais, cálcio, ácidos graxos ômega-3 e antioxidantes, fazendo delas um alimento saudável. Essas sementes minúsculas em preto e branco têm um sabor suave de nozes. Elas podem fazer parte da sua dieta sendo adicionadas ao seu cereal, legumes, arroz, molhos ou iogurte. Faça chia fresca misturando as sementes em água e, em seguida, adicionando sumo de limão, ou lima, e açúcar.

Perda de peso

Algumas pessoas usam sementes de chia no auxílio da perda de peso. Elas supostamente se expandem em seu estômago, e você se sente cheio por mais tempo, come menos alimentos e, por fim, perde o peso indesejado. No entanto, David Neiman, médico PhD da Universidade Estadual dos Apalaches, na Carolina do Norte, realizou um estudo de 12 semanas que não revelou alterações na perda de apetite ou peso com o consumo de sementes de chia. Mais pesquisas são necessárias antes de se chegar a uma conclusão sobre as propriedades de emagrecimento da semente.

Doença cardiovascular

A ingestão de salba - um tipo de semente de chia - no pão pode reduzir o risco de doenças cardiovasculares em pessoas com diabetes. De acordo com o site Web MD, um diabético precisaria consumir 37 gramas de salba por dia, durante um período de 12 semanas, para baixar a pressão arterial, o teor de proteína C-reativa (níveis elevados de proteína C-reativa podem causar algumas formas de doença cardíaca) e o fator de von Willebrand, que afeta a formação de coágulos causadores de ataques cardíacos e derrames. No entanto, são necessários mais estudos para determinar se a salba é eficaz na redução do risco de uma doença cardiovascular em pacientes diabéticos.

Precauções

Embora as sementes de chia sejam consideradas um alimento saudável, tome cuidado ao comê-las. Algumas pessoas experimentam uma reação alérgica às sementes, especialmente se já são alérgicos ao gergelim ou mostarda. Elas também podem interferir na medicação para pressão alta e anticoagulantes. Não houve pesquisa suficiente para determinar se sua ingestão por mais de 12 semanas é segura. Mulheres grávidas ou amamentando devem evitar comê-las, simplesmente porque ninguém sabe como elas afetam fetos ou bebês recém-nascidos. As sementes de chia têm uma quantidade elevada de ácido alfa-linolênico. Alguns estudos mostram uma ligação entre quantidades elevadas deste ácido e câncer de próstata, por isso, não coma sementes de chia se você sofre de câncer de próstata ou tem uma propensão ao desenvolvimento da doença.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível