Como cuidar de uma rã albina

Escrito por contributing writer | Traduzido por débora sousa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como cuidar de uma rã albina
Aprenda a cuidar de uma rã albina (grenouille blanche image by Greg from Fotolia.com)

As rãs albinas são criaturas interessantes que não são diferentes de seus irmãos de cor, exceto na aparência. Eles precisam das mesmas condições e dieta e se comportam da mesma maneira. As rãs africanas são as espécies albinas mais vendidas e são completamente aquáticas.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Aquário de 40 litros
  • Cascalhos pequenos
  • Pedras
  • Sistema de filtro
  • Alimento apropriado

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Compre um aquário apropriado. As rãs albinas devem ser alojadas em um espaço que caiba 40 litros. Certifique-se que você tenha deixado muito espaço na parte superior do aquário para que seja mais fácil para os anfíbios irem para a superfície respirar. Geralmente, o nível da água deve ser de cerca de 30 cm de profundidade para garantir que eles tenham espaço suficiente para nadar e explorar. Se você pretende ter mais rãs, ajuste o tamanho do aquário de acordo. Como todos os animais, as rãs não gostam de espaços lotados, e serão infelizes e agressivas se não tiverem espaço suficiente. O aquário deve ter uma tampa segura, pois se houver oportunidade, elas, que são curiosas e gostam de pular, sairão do reservatório. As rãs não podem sobreviver por muito tempo fora da água, por isso, mantenha-as no aquário. A temperatura da água deve ser em torno de 24 °C, já que esses animais preferem águas calmas e quentes. Você também precisa de um sistema de filtragem para evitar que o tanque fique muito sujo. Também é interessante ter algo para o animal se esconder, como um castelo, uma pedra ou outro apetrecho de decoração. Finalmente, cubra o fundo do tanque com cascalho. Ele não só oferece às rãs um ambiente mais natural, mas também pode ser uma boa distração para elas brincarem. Compre o menor cascalho que encontrar. As rãs podem engoli-lo, e as peças menores passam com maior facilidade através dos seus organismos.

  2. 2

    Alimente-os com uma dieta adequada. As rãs africanas comem de tudo e mais um pouco e gastam muito tempo à procura de alimento. Elas examinarão tudo o que tiver no aquário várias vezes para ver se é comestível. Flocos de peixe não são suficientes para elas, mas elas comerão pastilhas projetadas para sapos e tartarugas. Você também pode dar peixe à sua rã, como barrigudinhos ou camarão de água salgada. No entanto, alguns proprietários preferem insetos ou vermes. Fale com o proprietário da loja de animais local sobre a dieta da rã que você deve comprar. O custo pode ser um problema, então é aconselhável escolher as pastilhas para uso diário e guardar os peixes e afins para mimos especiais. Tal como acontece com os peixes, você deve tomar cuidado para não alimentá-las em excesso. Essas rãs não irão parar quando estiverem cheias, por isso, não ofereça mais do que elas podem comer em 15 minutos.

  3. 3

    Acomode o seu crescimento. As rãs que começam tão pequenas quanto um centavo podem crescer até 13 cm de comprimento. Geralmente é preferível manter as rãs em um recipiente próprio, mas se você quiser incluir peixes no aquário, certifique-se de que eles sejam grandes o suficiente para que uma rã adulta não possa colocar um em sua boca. Mesmo as rãs mais jovens e menores podem maltratar os peixes que estiverem nadando ao redor do aquário. Alguns proprietários relataram que suas rãs sobreviveram por décadas. Esteja ciente de que a sua amiguinha possa precisar de você por muitos anos, e tenha a certeza de que você pode assumir esse tipo de compromisso antes de comprar o anfíbio.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível