Como cuidar de rãs anãs africanas

Escrito por ehow contributor | Traduzido por evelin beatriz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como cuidar de rãs anãs africanas
(Photos.com/PhotoObjects.net/Getty Images)

Rãs anãs africanas são ótimos animais de estimação. Você não tem que passear com elas ou tratá-las, mas elas oferecem horas de entretenimento, brincando na água. E alguns proprietários juram que seus sapos cantam! Esses anfíbios vivem dentro d'água o tempo todo. Olhe para estas rãs de água como bons animais de estimação para um iniciante depois de entender estes passos para os cuidados de uma rã anã africana.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Aquário com tampa
  • Água clorada
  • Sanguessugas congelados, camarão de água salgada ou ração de anfíbios
  • Aquecedor de aquário (opcional)
  • Filtro (opcional)
  • Bambu (opcional)

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Compre rãs anãs africanas em um pet shop. Compre pelo menos duas para terem companhia. Certifique-se de que você escolheu os sapos ativos com olhos claros e sem feridas na pele. Não confunda rãs anãs africanas com rãs africanas com garras ou com rãs anãs, uma espécie maior e mais agressiva.

  2. 2

    Use um aquário regular com uma tampa, permitindo não mais que duas rãs para cada galão. Superlotação causa estresse nos sapos. Comece com um tanque maior, se as rãs forem compartilhar uma casa com peixe. O topo do aquário não deve ter buracos, mas de fendas de ar são permitidas. Lembre-se, eles são sapos, e sapos pulam.

  3. 3

    Forneça água limpa e clorada para o aquário. Vamos tocar água parada por pelo menos 24 horas para permitir que o cloro evapore, ou use a cloração disponível no pet shop. Sapos vivem melhor em água de temperatura entre 24,5 e 25,5°C. Se a temperatura da água cai abaixo de 20 °C, compre um aquecedor de tanque. Troque a água, pois torna-se turva. Se você quer diminuir o número de limpezas do tanque ou planeja adicionar peixes, você deve ter um filtro.

  4. 4

    Alimente suas rãs anãs africanas com sanguessugas congelados ou camarão de água salgada comprados em um pet shop. Estes sapos precisam de proteína. Eles também têm de localizar seu alimento pela visão, não cheiro, por isso certifique-se de deixar a comida perto de seus sapos. Sanguessugas vivos e camarão de água salgada são os favoritos, mas causam mais sujeira. Você também pode alimentar seus sapos com ração de anfíbios que descem para o fundo do tanque. Uma planta fácil de cultivar no tanque é o bambu, que oferece nutrientes para os sapos também.

  5. 5

    Assista seus sapos nadando. Às vezes, parece que eles estão pulando dentro d'água. Mas eles também tem seu tempo improdutivo. Olhe para o fundo do tanque como eles se misturam com os seus arredores. Às vezes, eles flutuam perto do topo. Um ligeiro toque no vidro irá assegurar que eles não estão mortos.

  6. 6

    Procure por sinais de doença. Olhos turvos ou falta de apetite podem ser sinais de problemas. Rãs anãs africanas são criaturas resistentes, mas às vezes a bactéria ou um nível de pH baixo podem causar problemas. Teste o nível de pH ocasionalmente. Estes sapos vivem melhor entre 7,2 e 7,6. Sapos ocasionalmente mudam a sua pele. Isso não é um sinal de doença, mas uma parte normal do seu desenvolvimento.

Dicas & Advertências

  • Se você notar pequenas coisas pretas que nadam em torno de seu tanque, seus sapos acasalaram e lhe deu alguns girinos. Separe-os dos adultos, logo que possível, pois os adultos podem confundi-los com alimentos. Devido ao tamanho pequeno dos girinos, pode ser mais fácil mover os adultos a um aquário diferente. Ofereça aos girinos uma proteína em pó feito para peixe ou flocos de espirulina. Depois eles que eles crescerem um pouco, mude para os sanguessugas congelados.
  • Você pode misturar as rãs anãs africanas com peixes de aquário de água doce não-agressivos, como tetras e peixes dourados.
  • Cubra as aberturas do filtro com tubo limpo ou gaze para evitar que sapos de serem capturados. Eles são atraídos para a corrente de ar.
  • Se você tem uma comunidade conjunta peixe-sapo, retire as rãs para um novo tanque quando um peixe morrer. O tanque deve ser limpo antes que os sapos comam o peixe.
  • Não dê comida demais a seus sapos,e não dê mais do que será possível em consumir em uma ou duas horas, pois se o alimento permanecer na água vai apodrecer e causar doenças. Nunca alimente seus sapos com flocos de peixe que flutuam. No extremo oposto da escala, rãs anãs africanas, por vezes, tornar-se anoréxicas porque eles não conseguem encontrar seus alimentos, ou os peixes no aquário os comem. Se isso acontecer, transfira o seu sapo para um recipiente menor de água sem cloro e deixe-o sozinho com a comida até que ele come o suficiente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível