Mais
×

Como cuidar da diarreia em leitões

Atualizado em 21 novembro, 2016

Diarreia é uma das doenças mais comuns a afetar leitões recém-nascidos. Elas podem ser causadas por vírus, bactérias ou parasitas, mas é usualmente um sintoma da doença bacteriana E. coli. Imediatamente após o nascimento, quando o sistema imunológico dos leitões ainda não está totalmente desenvolvido, a doença pode causar diarreia. Eles podem não apresentar nenhum sintoma, mas animais doentes são normalmente apáticos, sentem calafrios e apresentam corrimento mau-cheiroso. Esse problema é frequentemente fatal, mas, com tratamento, os leitões podem recuperar sua plena saúde.

Instruções

Se diarreias ocorrerem em leitões, são usualmente contraídas dentro de poucos dias depois do nascimento (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)
  1. Dê antibióticos, como amoxicilina ou ampicilina, o mais rápido possível aos leitões. Para os que tiverem menos de uma semana de vida, administre os medicamentos oralmente; para os que tiverem mais de uma semana, injete os antibióticos. Se a diarreia for causada por bactérias, os antibióticos podem curar a doença; se não for, eles não farão nada. Contudo, não há maneira de saber logo no início a causa da diarreia sem primeiro tentar o uso dos antibióticos. Também dê os remédios à porca para reduzir a quantidade de bactérias produzidas em seus detritos, os quais podem contaminar os leitões. Dê os antibióticos uma ou duas vezes por dia para toda a ninhada.

  2. Coloque soluções de eletrólitos na água dos leitões para reabastecer os eletrólitos que eles perderam na diarreia. Forneça aos seus porquinhos muita água. Eles beberão instintivamente grandes quantidades e poderão reabastecer os fluidos que perderam.

  3. Se os leitões estiverem desmamando, restrinja a entrada de comida por 12 horas para dar ao sistema digestivo tempo para se curar. Se eles tiverem 2 ou 3 semanas de idade, restrinja a alimentação da porca em 30 % por um curto período.

  4. Misture um agente de ligação como giz, caulim, bentonita ou atapulgita ativada dentro da comida dos leitões. Um agente de ligação absorverá as toxinas presentes no sistema digestivo dos porquinhos e protegerá os tecidos. Esses agentes têm pouco ou nenhum sabor, e não afetarão o desejo dos leitões pela comida. Se eles se recusarem a comer, realmente estão muito doentes.

  5. Se o chiqueiro estiver contaminado com diarreia, limpe-o. Cubra o fundo do chiqueiro com raspas de madeira, palha ou serragem, a fim de que eles não fiquem de pé na própria sujeira e facilite a limpeza. Mova os porcos para outro chiqueiro se a contaminação estiver muito ruim.

Aviso

  • De acordo com "The Pig Site", diarreia deve matar menos de 0,5% de leitões em rebanhos grandes e bem guardados; contudo, se não tratar e deixar com que se propague, pode matar uma ninhada inteira. Bons cuidados são necessários para manter um rebanho saudável e para salvar os leitões que contraíram a doença.

O que você precisa

  • Antibióticos (amoxicilina, ampicilina)
  • Eletrólitos
  • Palha, raspas de madeira, serragem
  • Giz, caulim, bentonita, atapulgita ativada
  • Fonte de calor
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article