Como cuidar de uma orquídea capuz-de-freira

Escrito por jacob j. wright | Traduzido por luciana p. s. lopes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como cuidar de uma orquídea capuz-de-freira
A orquídea capuz-de-freira é uma planta tropical terrestre (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

A orquídea capuz-de-freira, cujo nome científico é Phaius tankervilleae, variedade albus, é uma planta tropical terrestre com folhas grandes dobradas e flores vistosas verde-claras e brancas que se parecem com o hábito (parte que cobre a cabeça) branco e brilhante de certas freiras católicas. Um solo úmido e rico em húmus, luz indireta do sol e temperaturas confortáveis entre 15 e 26 °C são a base para um crescimento bem-sucedido.

Nível de dificuldade:
Moderado

Instruções

    Requisitos para cultivo em áreas externas

  1. 1

    A orquídea capuz-de-freira deve ser plantada somente em locais que nunca ficam expostos a temperaturas muito baixas. O solo deve ser úmido, bem drenado e rico em composto ou húmus. No inverno, deixe a terra ficar ligeiramente seca e evite molhar a folhagem quando for regar a orquídea.

  2. 2

    Certifique-se de que esta orquídea terrestre receba uma luz indireta ou fique sob sombra parcial debaixo da copa protetora de árvores ou arbustos altos.

  3. 3

    Aplique fertilizantes de forma leve e frequente, da primavera até o outono, quando a orquídea estiver efetivamente crescendo. Fertilizantes líquidos podem ser utilizados, mas devem ser aplicados utilizando somente 1/4 de sua potência, conforme as instruções do rótulo. Não fertilize durante o período mais seco do inverno.

  4. 4

    Depois que a orquídea florescer, transplante as moitas maiores. Mantenha a maior parte da massa de raízes quando for separar a muda e replantá-la.

    Requisitos para cultivo em áreas internas

  1. 1

    Plante a orquídea em um recipiente espaçoso para acomodar suas raízes numerosas. A terra deve ser à base de turfa, úmida e bem drenada.

  2. 2

    Coloque a orquídea em um recipiente em uma janela bem iluminada sem luz direta do sol. A umidade deve ser alta e pode ser facilmente aumentada em um ambiente doméstico comum ao colocar o vaso em cima de um prato com pequenos seixos e água. A planta também pode ser borrifada.

  3. 3

    Molhe a orquídea para manter o solo úmido, mas sem encharcar. No inverno, a planta deve ficar ligeiramente mais seca antes da próxima irrigação. Utilize água na temperatura ambiente, não fria. Não jogue água nas folhas.

  4. 4

    Aplique fertilizantes durante a época de crescimento, da primavera até o outono, em cada terceira irrigação, utilizando um fertilizante específico preparado somente com 1/4 de sua potência, conforme as instruções da caixa. Não fertilize durante o inverno.

  5. 5

    Considere a possibilidade de transferir a planta de vaso somente depois que a orquídea se agarrar ao recipiente, como depois de dois a três anos. Mantenha o máximo possível da massa de raízes quando for transplantá-la para um recipiente maior. O transplante deve ocorrer depois da floração, não durante ou depois que o talo da flor começar a emergir.

Dicas & Advertências

  • No inverno, a orquídea pode ser exposta a um pouco de luz direta do sol, como na parte da manhã e no final da tarde.
  • As orquídeas apreciam uma umidade maior, mas uma boa circulação de ar é necessária, por isso, não a coloque em um ambiente com ar pesado e estagnado.
  • A folhagem da planta deve ser verde clara e brilhante. Folhas amarelas indicam muita luz, ao passo que uma folhagem verde escura indica que os níveis estão muito baixos e podem impedir a floração.
  • A orquídea capuz-de-freira é uma planta tropical que não deve ser exposta a temperaturas excessivamente baixas e não deve ficar em áreas externas quando as temperaturas causam geadas ou congelamentos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível