Como cuidar de um periquito doente

Escrito por kimberly caines Google | Traduzido por beatriz palma
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como cuidar de um periquito doente
Observar o seu periquito ajuda a distinguir comportamentos normais de irregulares (Sittich image by Petra Kohlstädt from Fotolia.com)

Os cuidados adequados, em um ambiente aconchegante e livre de estresse, são essenciais para a recuperação de um periquito doente. Se o seu periquito apresenta sinais de doença, como apatia, mudanças no apetite, penas estufadas, perda de peso ou problemas respiratórios, a melhor e mais importante coisa a se fazer é levá-lo a um veterinário o mais rápido possível. Os pássaros escondem bem sinais de doença, de forma que, quando você perceber os sintomas, seu animal provavelmente já estará bastante doente. Até o momento em que você puder levá-lo ao veterinário e depois que ele voltar para casa, os cuidados providenciados por você podem maximizar as chances de recuperação do seu periquito.

Outras pessoas estão lendo

Reduza o estresse

Assim como os humanos, um periquito doente precisa descansar para ficar melhor. O ideal é providenciar esse descanso em uma área da casa onde as fontes de estresse sejam mínimas. Outros animais, crianças pequenas, ruídos de automóveis, fumaça de cigarro e barulhos em geral são alguns dos fatores que podem perturbar o repouso do periquito. Se ele divide a gaiola com outro pássaro, pergunte ao veterinário se é necessário separá-los durante a recuperação. Mesmo que, às vezes, essa separação possa aumentar os níveis de estresse, é um procedimento indispensável se o seu periquito estiver com alguma doença contagiosa.

Ajuste a temperatura

Enquanto que pássaros saudáveis estufam suas penas por vários motivos, uma ave doente faz o mesmo para tentar reter calor corporal. Esse comportamento desperdiça uma energia que o periquito necessita para combater a doença. Manter o ambiente quente ajuda a prevenir a perda de energia. Você pode manter uma temperatura ambiente entre 30 e 35 ºC até que ele se recupere. Use um aquecedor infravermelho ou uma bolsa de água quente para providenciar o calor necessário, e cubra metade da gaiola com um cobertor. Permita que seu pássaro se mova para longe da fonte de calor, e observe-o de perto; se ele começar a ofegar, ele está superaquecendo. Ajuste a temperatura até que ele pare de arquejar. Evite mudanças bruscas de temperatura quando o periquito se recuperar -- diminua-a gradualmente até chegar à temperatura normal da sua casa.

Alimente seu periquito

Quando um periquito fica doente, é importante seguir as instruções de alimentação sugeridas pelo veterinário. Seu pássaro deve possuir livre acesso a comida e água fresca. Uma ave doente que para de comer pode morrer de fome rapidamente. Para lutar contra isso, você pode precisar persuadi-lo com suas comidas favoritas. Se seu periquito não comer voluntariamente, o veterinário pode recomendar que você o alimente na mão. Se ele estiver com problemas para engolir e digerir a comida, talvez ele deva ser hospitalizado e alimentado por tubos.

Administre corretamente os remédios

Parte de cuidar do seu periquito doente é certificar-se de que ele receba os medicamentos prescritos. Seu veterinário dirá como os remédios devem ser administrados. Ele pode sugerir que você os misture na comida ou na água do periquito, ou que use uma seringa para aplicá-los ao lado do bico da ave. Para alguns tipos de medicamentos, o veterinário também pode aplicar uma injeção de efeito prolongado. Certifique-se de que o periquito continue sendo medicado por todo o tempo prescrito, e não negligencie a medicação, mesmo que ele pareça estar melhor. Lembre-se de que pássaros escondem facilmente os sinais de doença.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível