Mais
×

Como cuidar das raízes da mini orquídea Phalaenopsis rosa

As mini orquídeas Phalaenopsis rosas estão entre as mais fáceis de cuidar e cultivar para florir. A planta é muito versátil e responde bem aos cuidados básicos, tais como a rega semanal, sol moderado e temperatura ambiente. Esses tipos de orquídeas são mais felizes em vasos que poderão facilmente ser movidos para dentro de casa durante os meses frios. As plantas têm uma haste reta e forte que sustenta flores bonitas, com formato de mariposa, no final do inverno e início da primavera. Cuidar das raízes é tão fácil quanto cuidar do resto da planta e essa orquídea dá fantásticas mudas.

Instruções

A orquídea Phalaenopsis é parecida com essa (Dynamic Graphics/Polka Dot/Getty Images)
  1. Molhe toda a planta, incluindo as raízes, uma vez por semana. A planta prefere condições mais secas, mas não deve ficar ressecada. Coloque a planta na pia e regue suavemente até que o solo esteja úmido, mas não encharcado.

  2. Fertilize as raízes com um fertilizante balanceado para orquídeas a cada duas semanas. Esse procedimento assegura a saúde das raízes. Use o fertilizante após molhar a planta, pois as raízes estarão inchadas e absorverão melhor os nutrientes do que raízes mais secas.

  3. Replante a orquídea a cada dois anos. A planta é suscetível ao apodrecimento das raízes, logo, replantá-la a cada dois anos renovará o solo para as raízes. Use vasos de plástico em vez de vasos de terracota, pois as raízes grudam nesse tipo de vaso.

  4. Apare as raízes só se for por razões estéticas. Use uma lâmina de navalha estéril e corte as raízes, deixando 15 cm das raízes presas à planta. Alguns proprietários fazem isso devido ao crescimento excessivo ou fora de controle das raízes.

O que você precisa

  • Solo
  • Fertilizante
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article