Como cuidar de uma tartaruga em casa

Escrito por nicole papagiorgio | Traduzido por guilherme rocha
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como cuidar de uma tartaruga em casa
É fácil cuidar de uma pequena tartaruga em sua casa (turtle image by ultraman from Fotolia.com)

Existem dois tipos de tartarugas, as que vivem na água e as que vivem na terra. As tartarugas marinhas são mais fáceis de se cuidar num ambiente de cativeiro, e podem ser ótimos animais de estimação. Elas precisam de um habitat e de uma dieta apropriada para viver bem em cativeiro.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Aquário de vidro
  • Pedaço de madeira que flutue
  • Lâmpada de aquecimento
  • Luz ultravioleta
  • Minhocas, insetos ou ração comercial para tartarugas
  • Verduras
  • Suplemento em pó

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Encha o aquário de vidro com água pela metade. Se você usar água da torneira, ela deve ser reservada uma noite antes para dissipar qualquer agente que possa ter contaminado a água. O tamanho do aquário depende muito do tamanho da tartaruga. Para muitas espécies pequenas, e para tartarugas recém-nascidas, um aquário de 38 litros deve ser o bastante até elas crescerem, e após crescidas, um aquário de 75 a 190 litros será necessário.

  2. 2

    Instale o filtro, a luz ultravioleta e a lâmpada de aquecimento segundo as instruções que vieram no ato da compra. A lâmpada de aquecimento deve ser ligada por 12 horas por dia para simular a luz natural do sol e permitir que a tartaruga tome seu banho de sol, enquanto a luz ultravioleta dará à tartaruga a luz do sol sintética. O filtro também já pode ser instalado e ligado.

  3. 3

    Coloque a madeira flutuante na água. Este é um toque bastante importante do ambiente de uma tartaruga em cativeiro porque permite que ela "descanse" do ambiente aquático e tome seu banho de sol.

  4. 4

    Apresente a tartaruga ao seu novo ambiente e dê a ela alguns dias para se adaptar a ele, deixando a tartaruga completamente sozinha.

  5. 5

    Alimente a tartaruga a cada dois ou três dias. Há diferentes espécies de tartarugas, cada uma com uma dieta diferente, podendo ser herbívoras, carnívoras ou onívoras. A maioria das dietas para tartarugas também varia conforme a idade. Se você tem um filhote ou uma tartaruga jovem, ela terá uma dieta de 90% de proteína (insetos, minhocas, rações comerciais para tartarugas ou peixes) e apenas 10% de verduras. Tartarugas adultas comerão principalmente verduras e muito pouca proteína, mas mesmo assim, é preciso oferecer proteínas a elas. Alimentos oferecidos às tartarugas devem ser acrescidos de um suplemento de vitaminas e cálcio, vendido em pó.

  6. 6

    Limpe o ambiente da tartaruga regularmente. Tartarugas não são como peixes, que não necessitam de tanta água reciclada com regularidade. No caso delas, toda a água deve ser trocada. O tanque deve ser esvaziado e limpo com sabão ou cloro. Antes de encher o aquário de água novamente, é importante enxaguá-lo para tirar todo o resíduo químico. Retire e limpe qualquer decoração presente no aquário.

    Separe o filtro e limpe-o com uma escovinha em áreas difíceis de se alcançar. Não se usa sabão no filtro ou no meio filtrante, e o meio filtrante (esponja ou carvão) não deve ser enxaguado a fundo, para não eliminar as bactérias benignas que lá estão.

    Sem limpeza regular, a água pode começar a ficar com mau cheiro e o filtro poderá não funcionar como deveria.

Dicas & Advertências

  • Como acontece com muitos répteis, tartarugas perdem sua pele. Para quem tem sua primeira tartaruga, isto pode causar apreensão, ou ser confundido com doenças de pele, porque a tartaruga apresentará algo parecido com linhas de fibra branca. Apesar disto parecer um problema de pele ou um problema com a água, esta é uma ocorrência normal.
  • Nunca retire uma tartaruga da natureza para mantê-la como animal de estimação em casa. Isto poderá afetar negativamente populações selvagens e é considerado crime ambiental. Além disso, nunca solte uma tartaruga na natureza, seja ela selvagem ou comprada numa loja de animais.
  • A salmonela pode viver naturalmente no aparelho digestivo de tartarugas. A salmonela não prejudica a tartaruga, mas pode causar doenças sérias em humanos. Tartarugas correm o risco de transmissão de salmonela porque elas comem, nadam e fazem suas necessidades na mesma água. Sempre lave as mãos após mexer numa tartaruga de estimação.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível