Mais
×

Como cuidar de uma trombeta-roxa

A trombeta-roxa é uma flor anual cujas cores incluem o branco, o roxo e o amarelo. A planta é nativa da China e é venenosa para os seres humanos e animais independentemente da parte da planta ingerida, sejam as raízes ou as flores. Essas propriedades potencialmente fatais incentivam muitas pessoas a matar todas as trombetas-roxas do jardim, embora as plantas sejam seguras se receberem cuidados adequados. O cultivo deses belos arbustos floridos é realizado por meio do tipo correto de solo e da exposição ao sol.

Instruções

  1. Plante as mudas de trombeta-roxa a aproximadamente 60 cm de distância entre si em um solo rico, bem drenado e que receba sol pleno. Essas condições garantem que as plantas alcancem sua altura máxima, isto é, entre 60 a 90 cm. Aguarde uma semana após o fim do inverno antes de plantá-las.

  2. Regue as plantas de uma a duas vezes por semana durante as épocas de seca ou de poucas chuvas. Verifique o solo e, se ele estiver seco, regue a planta e repita o processo novamente quando ele secar completamente. A planta não necessita de regas se houver precipitações a cada uma a duas semanas. Evite umedecê-la excessivamente, pois isso pode matá-la.

  3. Fertilize as trombetas-roxas uma vez por mês com um fertilizante de uso geral para fornecer a elas os nutrientes necessários. Utilize o produto de acordo com as instruções da embalagem.

  4. Fixe estacas ao redor das plantas quando elas atingirem cerca de 60 cm de altura. Isso garante que elas não sejam derrubadas por tempestades e ventos fortes.

Dicas

  • Use luvas de jardinagem ao manusear a trombeta-roxa, pois o contato direto pode causar irritações na pele.

Aviso

  • Tenha cuidado ao plantar a trombeta-roxa caso você tenha crianças ou animais de estimação em casa. As plantas são extremamente tóxicas e podem causar a morte se ingeridas por seres humanos ou animais.

O que você precisa

  • Fertilizante de uso geral
  • Estacas de madeira
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article