Como cultivar os frutos da graviola

Escrito por ruth de jauregui Google | Traduzido por tiele machado
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como cultivar os frutos da graviola
A casca espinhenta da graviola oculta um interior doce e suculento (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

A graviola, ou cherimoia, é uma árvore membro da família Annona. Nativa dos montes da Bolívia, da Colômbia e do Equador, é conhecida como graviola no Brasil, "pox" no México, "chirimorrinon" na Venezuela e "anone" na França. A graviola é decídua e de pequeno porte, cresce de 4 m a 8 m e começa a produzir frutos entre três e cinco anos. Ela prefere temperaturas entre 16º C e 25º C. Quando criada ao ar livre, como no sudeste da Califórnia, necessita de proteção contra geada, mas para cultivá-la em casa, é melhor criá-la em um local fechado, como uma estufa, em grandes vasos de plantas.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Adubo
  • Fertilizante, formulação 10-8-6
  • Alicate para poda
  • Saco de papel
  • Pincel pequeno

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Escolha um lugar do jardim que receba diretamente oito horas de sol todo dia. A graviola não tolera temperaturas abaixo de -3º C. Em climas mais frios, é aconselhável plantá-la contra um muro exposto para o sudeste e abrigado contra vento.

  2. 2

    Cave um buraco um pouco mais fundo e três vezes maior do que a largura da raiz. Não altere o solo; se ele for argiloso, poderá construir uma plataforma um pouco mais elevada. A graviola necessita de solos bem drenados e não se desenvolve bem em solos argilosos.

  3. 3

    Coloque a planta no buraco, distribuindo as raízes com cuidado. Se ela vier com enxerto, deixe-o de 5 cm a 10 cm acima do solo. Preencha o resto do espaço com terra, pilando suavemente ao redor da planta. Com o que sobrou do solo, construa um dique de 10 cm a 15 cm de altura e 50 cm de diâmetro ao redor da planta, preencha com água e deixe a terra absorver.

  4. 4

    Coloque 3 cm de adubo no dique, a 4 cm da planta. Isso ajudará o solo a reter água e inibirá o crescimento de ervas daninhas. Porém, na América do Sul, muitos cultivadores plantam flores e vegetais entre as árvores. Se preferir, espalhe sementes de flores silvestres resistentes à seca ao redor das graviolas.

  5. 5

    Coloque água no dique a cada duas semanas e deixe que ela seja absorvida pela terra. Pare quando perder as folhas no outono e volte a regar quando voltarem a brotar, na primavera.

  6. 6

    Depois de 6 meses de plantio, utilize o fertilizante 10-8-6. Continue fertilizando a cada seis meses nos primeiros três anos. Quando a árvore começar a produzir flores, fertilize-a uma vez por ano.

  7. 7

    Faça a poda dos galhos no inverno ou início da primavera, enquanto a árvore está dormente. A graviola é uma árvore arbustiva, então pode para limpar o tronco e abrir o interior; isso ajuda com a circulação de ar e com o controle de pestes.

  8. 8

    Faça a polinização das flores com as mãos. A graviola têm flores macho e fêmea. À tarde, pegue a flor macho e guarde-a em um saco de papel, durante toda a noite. De manhã, junte o pólen coletado no saco com um pequeno pincel e esfregue cuidadosamente na flor fêmea. Para uma colheita de frutos contínua, faça isso todos os dias.

  9. 9

    Colha as frutas quando ainda estiverem firmes e começarem a exibir um tom amarelo esverdeado. Elas devem ter um cheiro doce. Deixe-as em temperatura ambiente de 24 a 72 horas para que elas terminem de amadurecer e amoleçam.

Dicas & Advertências

  • Cheque as árvores, à procura de cochonilhas. Geralmente um forte jato de água é suficiente para se livrar dessa peste.
  • Ainda que as sementes da graviola sejam férteis, as melhores variedades são criadas em enxerto. Compre-as de um vendedor com reputação.
  • Se cultivar a graviola no interior de casa, comprima-a para mantê-la como um arbusto ou uma árvore pequena e não dê água demais.
  • Há dois tipos diferentes de árvores comumente chamadas de "graviola", e ambas pertencem à família Annona. A outra "graviola" é também conhecida como gravioleira. É uma árvore tropical e deve ser cultivada dentro de casa ou em uma estufa, pois não tolera o frio.
  • Utilize luvas e óculos de proteção para cavar e podar. De forma nenhuma consuma as sementes ou as raízes. Há evidências de que o consumo de sementes de graviola pode estar conectado a doença de Parkinson. Apesar de se acreditar que muitos membros da família Annona possuam propriedades medicinais e de combate ao câncer, deve-se ter cuidado ao adicionar qualquer remédio à base de plantas à sua dieta. Consulte um médico antes de consumir qualquer parte da graviola.
  • Se cultivá-la em casa, mantenha longe de crianças e animais domésticos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível