Como cultivar mariri em um vaso

Escrito por anastasia leon | Traduzido por luigi bahia
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como cultivar mariri em um vaso
Mariri é uma planta utilizada em rituais religiosos (Comstock/Comstock/Getty Images)

Banisteriopsis caapi é o nome botânico de mariri ou jagube, uma espécie de cipó tropical nativo da Bacia Amazônica da América do Sul. Os povos indígenas utilizam a casca em cerimônias e práticas de cura pela sua alta concentração de alcaloides alucinógenos. Cultivar Banisteriopsis caapi é um desafio para a maioria dos jardineiros, já que as mudas têm desenvolvimento lento e facilmente sucumbem a infecções fúngicas. No entanto, com o manejo cuidadoso de calor, umidade e luz, as mudas acabarão por crescer o suficiente para transplantar para vasos permanentes, e vão viver por muitos anos se cultivadas em condições ideais.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Sementeira de 5 cm de profundidade
  • Solo e substrato para vasos
  • Garrafa com spray
  • Areia de granulação média
  • Filme plástico
  • Tapete térmico
  • Lâmpada fluorescente

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Preencha a sementeira com um substrato composto em 25% de seu conteúdo por perlita. Borrife água sobre o solo até que ele esteja bastante úmido na superfície.

  2. 2

    Coloque as sementes sobre o solo, a 3 cm de distância umas das outras.

  3. 3

    Pressiona as sementes no solo de maneira que fiquem logo abaixo da superfície. Espalhe uma camada de 5 mm de areia sobre o solo

  4. 4

    Envelope a sementeira em filme plástico para criar um ambiente de estufa para as sementes, mas tenha o cuidado de não isolar a sementeira de ar.

  5. 5

    Coloque a sementeira sobre o tapete, ajustando a temperatura a mais ou menos 30 graus centígrados, reduzindo a temperatura para 20 graus à noite.

  6. 6

    Posicione uma luz fluorescente a 40 cm de altura sobre a sementeira para prover luz de oito a dez horas por dia às sementes. Desligue a lâmpada durante a noite.

  7. 7

    Umedeça o solo ao redor das sementes sempre que ele estiver seco ao toque. Espirre a água até que os primeiros centímetros de terra estejam bem úmidos.

  8. 8

    Remova o filme plástico ocasionalmente para remover a condensação e evitar o excesso de umidade, o que pode causar infecções fúngicas. Deixe o solo arear por 20 minutos antes de envelopá-lo novamente.

  9. 9

    Fique atento para sinais de germinação por volta de 30 dias após o plantio das sementes. Mantenha as sementes na estufa até que tenham pelo menos cinco centímetros de altura.

  10. 10

    Transplante as mudas para vasos de 10 cm de altura preenchidos com um bom substrato logo após o aparecimento do segundo par de folhas. Mantenha as plantas em um ambiente constantemente quente e iluminado.

Dicas & Advertências

  • Não ingira pedaços da planta, pois podem causar sérios problemas gástricos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível