Mais
×

Como cultivar o pinheiro-anão

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Chamar o pinheiro-anão de arbusto de baixa manutenção é um exagero. Ele é um arbusto perene que não exige manutenção: é plantar e esquecer. Uma vez estabelecido, o pinheiro-anão não precisa de mais umidade do que a oferecida pela natureza, e suas agulhas verde-escuras ficam confortavelmente consistentes ao longo do ano. Ele é perfeito para o jardineiro que está ansiando por plantas que forneçam máxima recompensa com um mínimo esforço.

Instruções

  1. Determine o local de plantio adequado. O pinheiro-anão cresce bem em pleno sol ou sombra parcial e em todos os tipos de solo, incluindo argila. O solo deve ser bem drenado.

  2. Prepare o arbusto para o plantio. Os pinheiros-anões são frequentemente comprados em recipientes de 3,5, 7,5 ou 11 litros. Nos espécimes de raízes com torrão embalado, no entanto, o transplante tem maior sucesso. Remova todo o barbante e arame, juntamente com metade do tecido que cobre o torrão. Se o plantio estiver atrasado, regue o arbusto com um pouco de água. Não regue em excesso.

  3. Cave o buraco para o plantio. Prepare um buraco com duas a três vezes a largura do recipiente, e igual em profundidade. A coroa do pinheiro deve estar nivelada com o solo circundante quando plantado.

Dicas

  • O pinheiro-anão é cultivado com sucesso em regiões bastante frias.
  • Ele é normalmente comprado quando está pequeno e fácil de manusear. Seja cauteloso na escolha do local de plantio. O pinheiro-anão tem o crescimento muito lento, mas, dependendo do cultivo, pode atingir uma altura de seis metros e expansão de sete metros. Verifique os produtores e centros de jardinagem para conhecer as variedades disponíveis.
  • O pinheiro-anão também é conhecido como o "Pinus mugo" em latim.

O que você precisa

  • Pinheiro-anão
  • Água
  • Faca ou tesoura de jardim
  • Palha ou outro material orgânico
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article