Cultivo da samambaia-chifre-de-veado (Platycerium)

Escrito por linda madson | Traduzido por angela spada
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Cultivo da samambaia-chifre-de-veado (Platycerium)
O cultivo da samambaia-chifre-de-veado concede uma estranha beleza à decoração de sua casa (large staghorns 2 image by mdb from Fotolia.com)

As samambaias-chifre-de-veado (Platycerium spp.), ou apenas chifre-de-veado, são plantas domésticas curiosamente incomuns. A planta tem vários hábitos de crescimento com frondes basais e foliares (folhas grandes divididas). As frondes da base são grandes e redondas, e se fixam a uma superfície que cresce em camadas sobrepostas. As frondes foliares são eretas e se dividem, produzindo estruturas amarronzadas de esporos que podem ser germinadas em novas plantas. O cultivo da samambaia-chifre-de-veado concede uma estranha beleza à decoração de sua casa.

Outras pessoas estão lendo

Composição

As samambaias-chifre-de-veado crescem em florestas úmidas tropicais e subtropicais, mas pode-se cultivá-las em casa, desde que se entendam alguns fatos básicos sobre a sua composição. As samambaias-chifre-de-veado são epífitas (não captam água e nutrientes do solo) que precisam das árvores como apoio. As frondes verdes realizam a fotossíntese para o crescimento. As frondes da base capturam os resíduos que caem, coletando deles os nutrientes. As samambaias-chifre-de-veado têm raízes, mas estas são usadas apenas para sua fixação às estruturas. Não retire as escamas acinzentadas que dão à samambaia uma aparência empoeirada. A função dessas escamas é interromper a evaporação.

Cultivo da samambaia-chifre-de-veado (Platycerium)
As frondes verdes realizam a fotossíntese para o crescimento (Liquidlibrary/liquidlibrary/Getty Images)

Estruturas para fixação

As samambaias-chifre-de-veado crescem em árvores ou em outras estruturas ao ar livre nas zonas 9 a 11 do USDA (o Departamento de Agricultura americano mapeia e numera as zonas de resistência das plantas às variações de temperatura). Elas se desenvolvem bem em temperaturas de, pelos menos, 21,1 graus Celsius (70 graus F), mas não em temperaturas abaixo de 12,7 graus Celsius (55 graus F). Em outros climas, a chifre-de-veado cresce bem em interiores, em substrato leve e poroso, contendo partes iguais de turfa e musgo de esfagno picado. Adicione um pedaço de cortiça ao vaso para as raízes se prenderem ou cultive a planta em placas de cortiça fixadas a uma parede. Não perturbe a samambaia depois que ela estiver fixada ao seu apoio.

Cultivo da samambaia-chifre-de-veado (Platycerium)
Não perturbe a samambaia depois que ela estiver fixada ao seu apoio (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Cultura

Mantenha úmido o apoio da samambaia durante o ano inteiro, mas regue bastante nos meses de verão. Na primavera, adicione uma cobertura de adubo fresco para oferecer nutrientes. Cultive a samambaia à luz solar, mas não direta, pois ela cresce naturalmente sob a luz filtrada da floresta tropical. Use luz artificial de, pelo menos, 400 velas. Cultive-as em áreas com muita circulação de ar e pouca umidade para evitar o apodrecimento da raiz.

Cultivo da samambaia-chifre-de-veado (Platycerium)
Cultive a samambaia à luz solar, mas não direta, pois ela cresce naturalmente sob a luz filtrada da floresta tropical (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Propagação

Colha as mudas enraizadas de uma samambaia-chifre-de-veado a partir da base. Plante-as em um vaso com adubo. Mantenha-as posicionadas com um arame dobrado ou estacas de madeira. Conserve o solo úmido até crescerem o suficiente para serem transplantadas.

Pode-se também colher os esporos maduros das frondes foliares. Os esporos devem ser de cor marrom-brilhante. Corte um pedaço de fronde com esporos maduros e ponha-o em um saco de papel até os esporos se dispersarem ou ficarem lanosos, com tonalidade amarronzada e seca. Encha um vaso fundo com fragmentos de um vaso de barro e, em cima destes, aplique uma camada de turfa ou esfagno. Espalhe os esporos no alto do substrato e ponha o vaso em um pires com água para fornecer umidade. Transplante-os para vasos novos, a espaços de cerca de 5 cm, quando estiverem grandes o suficiente para serem manuseados.

Cultivo da samambaia-chifre-de-veado (Platycerium)
Colha as mudas enraizadas de uma samambaia-chifre-de-veado a partir da base (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível