Cura para vertigem após um cruzeiro

Escrito por will charpentier | Traduzido por mari mieko
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Cura para vertigem após um cruzeiro
Vertigem pós-cruzeiro (Ablestock.com/AbleStock.com/Getty Images)

Quando você chega em terra firme depois de seu primeiro cruzeiro, seus amigos podem perguntar por que está "andando engraçado". Você poderá ter alguns momentos em que seu pé não chega a tocar no chão — ou onde ele deveria estar —, como se você perdesse um passo na escada. Você pode até mesmo se sentir enjoado, porque as coisas "simplesmente não se movem direito". Marinheiros profissionais de longa data chamam isso de mal de desembarque e, para uma pessoa que voltou de um cruzeiro pela primeira vez, isso é chato mas, se tratado como enjoo, é suportável.

Outras pessoas estão lendo

Sono e exercício

Por muitos anos, os marinheiros disseram para que os passageiros enjoados vão ao convés para ver o horizonte, acreditando que a vertigem de se estar a bordo de um navio seria o resultado de uma perturbação no mecanismo de equilíbrio corporal no ouvido interno. Quando a bordo de um navio em movimento, seu corpo sente movimentos que não correspondem à percepção entregue pelos seus olhos, resultando em enjoo. Um estudo realizado por JT Reason, no Journal of the Royal Society of Medicine, acrescenta credibilidade a esta teoria.

Quando um navio cruzeiro de passageiros chega em terra depois de uma semana no mar, o corpo do passageiro já foi ajustado para a discrepância na percepção. No entanto, quando os passageiros chegam à doca, no entanto, o ajuste se torna um problema, pois o mundo já não se move da maneira com a qual o corpo se acostumou.

Muitos daqueles que passam meses no mar juram que a ginástica é uma cura para alguns dos sintomas mais problemáticos do desconforto pós-cruzeiro, como a vertigem, acreditando que "agitar as coisas" no corpo irá acelerar o processo de adaptação às mudanças. Outros podem dormir por 18 ou 20 horas na crença de que o descanso vai permitir que os mecanismos de equilíbrio do corpo retornem ao normal antes de voltar à vida em terra.

A opção médica e remédios caseiros

Visitar o seu médico pode fornecer algum alívio. Você pode considerar o agendamento de uma consulta médica pós-cruzeiro como parte de seus planos antes da partida. O seu médico pode ser capaz de oferecer algum alívio através da prescrição de um medicamento e, se você tiver compromissos após o seu regresso, faça uma visita pré-planejada a ele no dia seguinte ao desembarque para aliviar o desconforto sem atrapalhar a sua programação.

Outros remédios caseiros para a vertigem e o "mal de desembarque" são aqueles usados ​​para o enjoo. O gengibre tem sido usado há séculos para combater o os males associados ao retorno do mar — o "ginger ale" não contém gengibre suficiente para fazer efeito, mas o gengibre, fresco ou cristalizado, é utilizado com frequência. Pulseiras de acupuntura utilizadas para enjoo podem ter também alguma eficácia no alívio da vertigem pós-cruzeiro.

Tempo

A única certeza de cura é a passagem do tempo, pois a resposta de cada indivíduo para o retorno à terra é diferente. Se o seu cruzeiro durou dez dias ou menos, você provavelmente vai perder a confusão em sua caminhada e a vertigem resultante da mudança na percepção dentro de alguns dias. Se o seu "mal do desembarque" persistir por mais tempo do que isso, consulte o seu médico para obter ajuda.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível