Cura para a vestibulite vulvar

Escrito por caryn anderson Google | Traduzido por fabiana silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Sentir dor durante a relação sexual, vermelhidão e irritação na área inferior da abertura vaginal e vontade súbita de urinar podem ser sintomas de uma doença grave (e por vezes crônica) conhecida como vestibulite vulvar. Embora as pesquisas ainda continuem sendo realizadas, existe pouca evidência de que a comunidade médica tenha encontrado uma cura para essa condição e, por essa razão, os sintomas são tratados individualmente para melhorar a qualidade de vida e reduzir a dor e desconforto.

Outras pessoas estão lendo

Os fatos

A vestibulite vulvar é uma condição vaginal em que a pele e a mucosa - glândulas secretoras (conhecidas como glândulas vestibulares menores) ficam inflamadas. Isso pode afetar toda a abertura vaginal, mas predominantemente ocorre na parte inferior do órgão. Essa doença desconfortável pode afetar mulheres de todas as idades e todos os níveis de atividade sexual. A causa exata da vestibulite vulvar permanece desconhecida, mas os pesquisadores continuam trabalhando para entender melhor essa condição.

Sinais e fatores de risco

Os sinais da vestibulite vulvar incluem dor durante a relação sexual ou durante o uso de absorventes internos, dor intensa ao andar de bicicleta, realizar exercícios físicos ou quando a mulher usa roupas muito justas, aparecimento de vermelhidão e sensação de queimação/ardor na área vestibular e uma freqüente vontade de urinar. Um exame médico deverá ser realizado para detectar alterações na pele e para obter uma amostra para análise da secreção vaginal, a fim de eliminar quaisquer causas infecciosas. Existem alguns fatores que foram identificados como sendo associados à vestibulite vulvar. Eles incluem infecções fúngicas crônicas, vírus do papiloma humano, infecções bacterianas crônicas, desequilíbrio do pH da vagina (ácido-base) e o uso prolongado de substâncias químicas e que causam irritação (como espermicidas, lubrificantes, sabonetes e detergentes).

Tratamento

O médico determinará o melhor plano de tratamento para cada caso específico e, muitas vezes, essa terapêutica é definida levando em consideração a gravidade dos sintomas. O tratamento geralmente envolve o uso de pomadas esteroides, que são aplicadas topicamente e que ajudam a diminuir a vermelhidão e o desconforto. Outras opções incluem o uso de ácido tricloroacético (também conhecido como TCA), que trabalha destruindo a pele irritada e incentivando o crescimento de uma pele saudável, injeções de interferon que ajudam a aumentar a reação natural do corpo à infecção e, em alguns casos, a cirurgia (tradicional ou à laser) para remover áreas específicas de pele afetada.

Outras opções de tratamento

Algumas opções de tratamento incluem a aplicação de compressas com hamamélis, usadas para limpar e acalmar as áreas afetadas suavemente. O médico poderá prescrever gel de lidocaína que pode ser aplicado topicamente para ajudar a anestesiar a região, porém também é possível utilizar uma pomada contra assaduras, que pode ser aplicada diretamente sobre a pele e ajuda a proteger, curar e aliviar a área inflamada. Comprimidos de citrato de cálcio podem ajudar a diminuir os cristais na urina (que podem causar uma sensação de queimação) quando tomado por via oral em doses entre 1200 e 1800 mg por dia. A imersão em banho morno com quatro a cinco colheres de sopa de bicarbonato de sódio adicionado à água pode ajudar a aliviar os sintomas de coceira e queimação na área afetada.

A cura

Até o momento, não há nenhuma causa conhecida ou cura para a vestibulite vulvar. Não existe nenhuma pílula mágica ou tratamento que seja adequado para todos os casos de vestibulite. Em alguns, a condição se resolve após seis a 12 meses, mas para muitas mulheres o tratamento dos sintomas é mais prolongado. Como a pesquisa continua, os médicos tentam métodos novos e inovadores para tratar a doença, mas por enquanto o melhor curso de ação é consultar o médico e desenvolver uma terapêutica que funcione para você.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível